Edição: 252

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/11/27

Grupo cénico Kaspiadas estreia peça de teatro no Facebook

Cartaz

Dia 9 de janeiro, sábado, às 21h30, o Kaspiadas vem ao Facebook perguntar – A que horas passa o autocarro? E vem perguntar do modo que melhor sabe, com uma peça de teatro que não pode perder – assista em direto e deixe um aplauso em  www.facebook.com/kaspiadascpp

O Kaspiadas – Grupo Cénico da Casa do Povo de Pontével, tinha saudades do palco e do público. O público certamente também já tem saudades do Kaspiadas.

Desta vontade de estar junto do seu público, de continuar a trabalhar em prol da cultura e do teatro, nasceu um projeto que chega esta noite à casa de cada espectador, chega pelo Facebook, chega pelo ecrã transformado em palco, mas chega com a mesma vontade de contar histórias que inspirem, alertem, convoquem, divirtam… Não perca este sábado, dia 9 de janeiro, às 21h30, à distância, mas tão perto de si, vão estar atrizes e atores confinados, mas nunca conformados… aceite o convite e faça ouvir a sua presença com um aplauso virtual.

“Em tempos de pandemia e quase um ano depois de um afastamento forçado entre todos nós, que causou profundas mudanças em toda a sociedade e entre as várias coletividades e associações, o Kaspiadas – Grupo Cénico da Casa do Povo de Pontével decidiu arriscar e reinventar… fazendo teatro online… Mas o que é isto de teatro online? Será que resulta? Devemos mesmo avançar?”, interrogam

“Nós que gostamos das luzes do palco, do calor do público, do cheiro dos fumos, da textura das estruturas… Nós que gostamos de ver painéis a subir e a descer, que espreitamos atrás dos panos… Nós que nos arrepiamos com as prestações dos outros, que torcemos para que tudo corra bem, que sentimos um formigueiro na barriga quando anunciam a entrada dos espetadores… Nós que exaltamos de alegria quando o pano fecha e ouvimos os aplausos entusiasmados… Nós, vencidos por um (…) de um vírus que empobrece a nossa sociedade, que mata os nossos idosos, que nos obriga a ficar em casa, não queremos deixar de fazer teatro, por isso reinventamos! Que dez meses é uma eternidade! Não sabemos muito bem como, mas vamos em frente!”, garantem.

O desafio surgiu por parte do nosso encenador, Mário Júlio Reis e conseguiu desde logo cativar todo o grupo que, já cheio de saudades de fazer teatro, aceitou no momento a proposta para experimentar “representar” online a peça que deixámos em cima da mesa o ano passado.

Trata-se da peça “A que horas passa o autocarro?”, um texto original do autor Luís Gonçalves (www.ohomemdoteatro.blogspot.com) , com adaptação e encenação a cargo de Mário Júlio Reis e com a colaboração técnica de Rui Manel, da Área de Serviço, que tanto nos ajudou com a parte tecnológica, imagens de divulgação, zoom e afins.

Experimentámos, marcámos alguma reuniões e ensaios… e chegou a hora de transmitir esta nova experiência junto de quem nos segue e acompanha, quer sejam vizinhos, amigos, colegas ou familiares.

Sabemos que não será um desafio fácil, mas ainda assim convidamos todos os interessados a assistir à nossa peça “virtual” no próximo dia 9 de janeiro pelas 21:30h através da página de Facebook do Kaspiadas (https://www.facebook.com/kaspiadascpp)

Será uma peça que faz lembrar muito mais o teatro radiofónico (embora com imagem), com todas as condicionantes e percalços que possam existir pela presença dos atores e atrizes cada um nas suas casas, mas… estamos ansiosos! É este o espírito do teatro amador! Contamos com o vosso apoio e esperemos que gostem desta nossa surpresa.” Kaspiadas – Grupo Cénico da Casa do Povo de Pontével

O Kaspiadas – Grupo Cénico da Casa do Povo de Pontével, tinha saudades do palco e do público. O público certamente também já tem saudades do Kaspiadas.

Desta vontade de estar junto do seu público, de continuar a trabalhar em prol da cultura e do teatro, nasceu um projeto que chega esta noite à casa de cada espectador, chega pelo Facebook, chega pelo ecrã transformado em palco, mas chega com a mesma vontade de contar histórias que inspirem, alertem, convoquem, divirtam… Não perca este sábado, dia 9 de janeiro, às 21h30, à distância, mas tão perto de si, vão estar atrizes e atores confinados, mas nunca conformados… aceite o convite e faça ouvir a sua presença com um aplauso virtual.

“Em tempos de pandemia e quase um ano depois de um afastamento forçado entre todos nós, que causou profundas mudanças em toda a sociedade e entre as várias coletividades e associações, o Kaspiadas – Grupo Cénico da Casa do Povo de Pontével decidiu arriscar e reinventar… fazendo teatro online… Mas o que é isto de teatro online? Será que resulta? Devemos mesmo avançar?”, interrogam

“Nós que gostamos das luzes do palco, do calor do público, do cheiro dos fumos, da textura das estruturas… Nós que gostamos de ver painéis a subir e a descer, que espreitamos atrás dos panos… Nós que nos arrepiamos com as prestações dos outros, que torcemos para que tudo corra bem, que sentimos um formigueiro na barriga quando anunciam a entrada dos espetadores… Nós que exaltamos de alegria quando o pano fecha e ouvimos os aplausos entusiasmados… Nós, vencidos por um (…) de um vírus que empobrece a nossa sociedade, que mata os nossos idosos, que nos obriga a ficar em casa, não queremos deixar de fazer teatro, por isso reinventamos! Que dez meses é uma eternidade! Não sabemos muito bem como, mas vamos em frente!”, garantem.

O desafio surgiu por parte do nosso encenador, Mário Júlio Reis e conseguiu desde logo cativar todo o grupo que, já cheio de saudades de fazer teatro, aceitou no momento a proposta para experimentar “representar” online a peça que deixámos em cima da mesa o ano passado.

Trata-se da peça “A que horas passa o autocarro?”, um texto original do autor Luís Gonçalves (www.ohomemdoteatro.blogspot.com) , com adaptação e encenação a cargo de Mário Júlio Reis e com a colaboração técnica de Rui Manel, da Área de Serviço, que tanto nos ajudou com a parte tecnológica, imagens de divulgação, zoom e afins.

Experimentámos, marcámos alguma reuniões e ensaios… e chegou a hora de transmitir esta nova experiência junto de quem nos segue e acompanha, quer sejam vizinhos, amigos, colegas ou familiares.

Sabemos que não será um desafio fácil, mas ainda assim convidamos todos os interessados a assistir à nossa peça “virtual” no próximo dia 9 de janeiro pelas 21:30h através da página de Facebook do Kaspiadas (https://www.facebook.com/kaspiadascpp)

Será uma peça que faz lembrar muito mais o teatro radiofónico (embora com imagem), com todas as condicionantes e percalços que possam existir pela presença dos atores e atrizes cada um nas suas casas, mas… estamos ansiosos! É este o espírito do teatro amador! Contamos com o vosso apoio e esperemos que gostem desta nossa surpresa.” Kaspiadas – Grupo Cénico da Casa do Povo de Pontével

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.