Edição: 252

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/11/27

Câmaras da Batalha e Tomar disponibilizam testes rápidos à Covid-19 aos membros das mesas eleitorais

Teste rápido ao coronavírus Covid-19

A Câmara Municipal da Batalha, como medida de reforço da segurança das operações eleitorais previstas para o próximo domingo, decidiu disponibilizar testes rápidos a todos os membros das mesas eleitorais, assegurando também uma mensagem de confiança à participação dos eleitores nas eleições Presidenciais.

Os testes rápidos à COVID-19 pelo método de deteção de antigénio, revestem-se de enorme importância e são bastante eficazes para fazer a identificação de doentes eventualmente infetados por SARS-CoV-2 (Doença COVID19).

Prevê-se a realização de cerca de 100 testes, a realizar no espaço municipal adaptado a centro de testes, a funcionar desde 15 de junho de 2020, e que tem serviço para apoio e testagem da população, escolas, instituições sociais e empresa, tendo já realizado mais de 10 mil testes à Covid-19.

“Desde o início da pandemia que temos procurado assegurar as melhores condições de segurança e proteção da nossa comunidade, sempre em articulação com as autoridades de saúde.  Esta decisão vai na mesma linha de atuação e pretende também constituir um forte apelo à participação cívica nas eleições presidenciais”, refere o autarca local, Paulo Batista Santos.

A situação Epidemiológica do concelho da Batalha regista à data de hoje 57 casos ativos (-2 que no dia anterior), fruto de 10 novas recuperações e 8 novos casos ativos, tendo ainda o registo global de 400 casos desde do início da pandemia, dos quais 336 recuperados e 7 óbitos relacionados com a Covid-19.

Os testes disponibilizados serão todos realizados até ao próximo sábado, dia 23 de janeiro, véspera das eleições presidenciais de 24 de janeiro de 2021.

    Câmara Municipal de Tomar assume testagem de todos os membros das 47 mesas de voto no concelho

Atendendo à situação pandémica, a Câmara Municipal de Tomar decidiu também assumir a testagem de todos os membros das 47 mesas de voto no concelho, assim como de todos os elementos envolvidos no processo, indicados pelos presidentes das 11 juntas ou uniões de freguesias.

     Fonte: MB e GC|CMT

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.