Edição: 244

Diretor: Mário Lopes

Data: 2/3/2021

Primeiros trabalhos de pavimentação da Avenida terão início já a 3 de fevereiro

Obras na Avenida Nossa Senhora de Fátima já mostram sinais da nova artéria de Leiria

2021-02-01 13:58:40

Avenida de Leiria está a ser adaptada aos conceitos urbanísticos do Século XXI

Os trabalhos de requalificação da área da Avenida Nossa Senhora de Fátima e da Avenida General Humberto Delgado encontram-se a um bom ritmo, onde já são evidentes alguns dos aspetos que visam transformar a zona numa das mais atrativas da cidade.

Na apresentação do projeto em novembro de 2019, Ricardo Santos, vereador das Obras Municipais e da Requalificação do Espaço Pública, defendia que a intervenção terá um grande impacto na melhoria da qualidade de vida de residentes, comerciantes e utilizadores, acrescentando que as vantagens “superam largamente os constrangimentos associados aos períodos das obras”.

Pouco mais de um ano após o anúncio da empreitada, as obras na Avenida Marquês de Pombal e ruas adjacentes já se encontram concluídas, após a execução das infraestruturas subterrâneas, pavimentação das vias, requalificação de passeios e colocação de sinalização horizontal e vertical.

Na Avenida Nossa Senhora de Fátima, entre a Rua João Paulo II e o Jardim Escola João de Deus, a zona “kiss & ride” para tomada e largada de crianças está quase terminada e estão concluídas as infraestruturas, bem como a instalação de pavimento tátil junto às futuras passadeiras, estando parcialmente colocada a calçada nos passeios e estacionamentos.

Integrando a fase 4 do projeto iniciada em outubro passado, os trabalhos estão atualmente a decorrer no troço entre a Rua João Paulo II e a Rua Luís Braille, com a execução das infraestruturas para as redes prediais e de saneamento e para os sistemas de eletricidade, água, gás e telecomunicações, estando prevista a sua conclusão para abril de 2021, caso as condições climatéricas o permitam.

Os primeiros trabalhos de pavimentação da Avenida Nossa Senhora de Fátima terão início já a 3 de fevereiro e deverão terminar no dia 12 do mesmo mês, estando previsto também para dia 3 o começo da obra na Rua Luís Braille.

A intervenção na Avenida General Humberto Delgado deverá começar nas próximas semanas, numa requalificação urbana que tem como grande objetivo melhorar significativamente a qualidade ambiental da zona, através da implementação de algumas soluções a vários níveis.

Com vista à redução da velocidade e das emissões de carbono, serão criadas passadeiras sobrelevadas com faixas contrastantes e antiderrapantes e com iluminação própria acionada por sensores de movimento, complementadas com a implementação de um sistema de monitorização dos gases emitidos.

Serão ainda plantadas diversas árvores e criados pequenos canteiros para aumento de espaços verdes, bem como instaladas dez ilhas ecológicas com monitorização dos contentores para redução da circulação dos veículos de recolha de resíduos.

A qualidade ambiental das avenidas vai ainda beneficiar com a implementação de iluminação de baixo consumo energético, cuja gestão e controlo serão feitos remotamente e cuja intensidade variará consoante o fluxo pedonal e rodoviário.

Como forma de incentivo à utilização de veículos elétricos e amigos do ambiente, encontra-se prevista a instalação de quatro postos de carregamento e a criação de uma ciclovia com cerca de 700 metros de comprimento, com parte do troço a passar na Rua Casal Antunes.

A mobilidade será também privilegiada com a construção de uma ligação pedonal, através de uma escadaria com sistema para transporte de bicicletas, entre as duas avenidas e a criação de duas novas paragens para transportes coletivos de passageiros na Avenida General Humberto Delgado.

Tanto o pavimento viário como os passeios serão substituídos, com vista a um melhor conforto na circulação automóvel e pedonal e à eliminação de barreiras arquitetónicas.

Com o fim da empreitada e com o objetivo de as transformar nas primeiras artérias ‘tecnológicas’ da cidade, as avenidas Nossa Senhora de Fátima e General Humberto Delgado irão apresentar algumas inovações.

Para além da gestão e controlo de resíduos, serão colocados painéis e disponibilizada uma aplicação com informação em tempo real sobre o estacionamento disponível, para o qual está previsto um aumento do número de lugares para as mais diversas situações.

O mobiliário urbano será renovado com a colocação de papeleiras, caixotes para dejetos caninos, pilaretes, suportes para bicicletas, bebedouros e bancos.

Ao nível do saneamento, a empreitada inclui a separação entre a rede pluvial e a rede de esgotos domésticos, contribuindo de forma clara para a qualidade ambiental do rio Lis.

     Fonte: GRPG|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.