Edição: 252

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/11/27

Alcobaça, Batalha e Porto de Mós serão os territórios beneficiários do projeto

Projeto Cultural «Aljubarrota 1385» aprovado com um apoio de 280 mil euros

Representação da Batalha de Aljubarrota

Os municípios de Alcobaça, Batalha e Porto de Mós serão os territórios beneficiários do projeto cultural que envolve vários parceiros institucionais com o objetivo de, por um lado, apoiar a realização de eventos associados ao património, à cultura e a bens culturais, e também apostar na divulgação e integração territorial, através de iniciativas de cooperação territorial e institucional que permitam integrar a programação cultural, as visitas guiadas e a divulgação de equipamentos, bens culturais e serviços prestados.

Como parceiros de referência, além dos promotores municípios, surge o conhecido grupo S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos, de Alcobaça, na qualidade de copromotor desta rede cultural, e a Fundação Batalha de Aljubarrota, enquanto parceiro institucional que desenvolve um trabalho de referência na valorização do evento “Batalha de Aljubarrota”.

Esta iniciativa liderada pelo Município de Alcobaça concretiza uma ação em rede dos três municípios e que foi candidata ao Aviso N.º CENTRO-14-2020-12, sob a designação “Programação Cultural em Rede” do Programa Operacional Programa Operacional Regional do Centro, que consiste em conceder apoios financeiros aos investimentos que visem promover a dinamização, promoção e desenvolvimento do património cultural, enquanto instrumento de diferenciação e competitividade dos territórios designadamente através da sua qualificação e valorização turística.

Nas palavras de Luís Mourão, dramaturgo leiriense e coordenador cultural deste projeto, “a batalha extraordinária, a que chamamos Real ou de Aljubarrota, perdura, e perdurará, no imaginário nacional como marco indelével da vontade de afirmação de um Povo do seu direito de soberania e completa independência no quadro das nações. Nenhum feito anterior ou posterior se lhe ombreia na sua desmedida dimensão ou nas suas consequências sociais, económicas e políticas a curto e médio prazo”, e que agora conhece um projeto que irá dramatizar e valorizar nos domínios cultural e turístico um evento único no contexto nacional.

No domínio da programação cultural salienta-se a produção original de um espetáculo dramaturgo sobre a temática “Batalha de Aljubarrota”, promovido em três atos nos três territórios (Batalha, Porto de Mós e Alcobaça), e envolvendo os grupos de teatro e agentes culturais locais.

Juntam-se nesta iniciativa vários outros eventos culturais e ações de promoção que visam dinamizar os espaços históricos e naturais dos municípios envolvidos, bem assim contribuir para a sustentabilidade da cultura no período de recuperação da pandemia que determinou a redução das atividades criativas.

«A rede cultural “Aljubarrota 1385” não é uma recriação da Batalha Real. É um espetáculo sobre a Batalha Real e nisso reside, sem pretensões, a sua originalidade, a sua maior ambição e força. É também uma forma de semear neste território um saber-fazer que, idealmente, se prolongará no tempo e se enraizará nas práticas teatrais, enriquecendo-as. “Aljubarrota 1385” propõe-se reunir um grupo de profissionais qualificados que trabalharão ombro a ombro com um grupo de Teatro de Amadores em cada um dos três municípios, partilhando saberes e organizando modos de fazer”, sintetiza Luís Mourão acerca do plano cultural aprovado.

O projeto no seu global representa um investimento total de 299.961,00€, a que correspondente uma comparticipação FEDER de 280.561,00€, tendo como período de realização das ações previsto entre abril de 2021 e julho de 2022.

   Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.