Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/23

Autárquicas 2021

PSD aprova por unanimidade a recandidatura do atual presidente da Câmara da Batalha

Paulo Batista Santos

O Partido Social Democrata da Batalha em reunião realizada no sábado, dia 27 de fevereiro, por votação unânime dos órgãos do PSD da Secção da Batalha, foi decidido apresentar como candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal da Batalha, o atual presidente da câmara, Paulo Batista Santos.

Nos termos da moção aprovada sobre o perfil dos candidatos às próximas eleições autárquicas, os social democratas da Batalha consideram que “para o objetivo de vitória eleitoral é essencial escolher os melhores candidatos e, nesse particular, faz uma apreciação muito positiva do mandato do atual presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, a quem reconhece competência, honestidade e uma forte ambição para concretizar um projeto credível no desenvolvimento social e económico do concelho da Batalha, na liderança da próxima equipa municipal para o mandato de 2021-2025”.

No mesmo documento os militantes do PSD, recordam que “sob a liderança das equipas eleitas pelo Partido Social Democrata, no município e freguesias, a governação local é hoje um fator de progresso em que os batalhenses confiam e esperam respostas necessariamente com conteúdo, ambição e renovadoras nas práticas de ação política”.

Assembleia de militantes do PSD da Batalha

Para o futuro, o PSD do concelho da Batalha assume que irá “organizar as suas listas candidatas aos órgãos autárquicos, definindo criteriosamente o perfil dos candidatos e promovendo a participação de personalidades independentes, reforçando a diversidade de género e envolvimento das diferentes gerações, condições fundamentais para corresponder aos anseios das populações e contribuir localmente para um maior envolvimento cívico e uma melhor e mais próxima governação local”.

O PSD da Batalha expressa ainda a sua maior preocupação relativamente ao Programa de Recuperação e Resiliência apresentado pelo Governo do Partido Socialista, uma vez que poderá significar a exclusão dos apoios europeus projetos estruturantes para o concelho da Batalha, como a construção do nó de ligação do IC9/A1, em São Mamede, ou pelo abandono de projetos essenciais ao bem-estar das populações como a ampliação do Centro Hospitalar de Leiria (Hospital Santo André), a construção da ETES do Lis, um projeto essencial ao plano de despoluição da bacia hidrográfica do Lis e regularização do setor pecuário, ou ainda na recusa em apoiar a criação da Universidade Politécnica de Leiria.

Ao nível dos resultados eleitorais, os militantes do PSD consideram que dispõem de condições para renovar a confiança dos eleitores nas próximas eleições autárquicas, vencer em todas as freguesias e a formar um novo governo local com a firme determinação de continuar a projetar um futuro melhor para o concelho da Batalha.

A proposta de recandidatura do atual presidente da Câmara, Paulo Batista Santos, foi igualmente aprovada por unanimidade pelos órgãos distritais do PSD e mesmo confirmada esta quarta-feira pela Direção Nacional do PSD, através da comunicação do secretário-geral José Silvano.

    Fonte: PSD|Batalha

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.