Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/23

Instalado na Exposalão

Centro de vacinação da Batalha preparado para vacinar 500 pessoas por dia contra a Covid-19

Centro de vacinação instalado na ExpoSalão

Com quatro linhas de vacinação e que podem duplicar em função das necessidades, a capacidade de vacinação do novo centro instalado na ExpoSalão é de 500 pessoas por dia, “mas o ritmo de irá sendo adequado em função da disponibilidade de vacinas e dos critérios fixados pelas autoridades de saúde”, esclarece o presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos.

Este projeto foi possível através de uma forte articulação entre a Direção-Geral de Saúde, a Unidade de Saúde Familiar Condestável (Batalha) e ainda da empresa ExpoSalão – Centro de Exposições que disponibiliza um espaço amplo e com todas as condições para assegurar a evolução do processo de vacinação.

Interior do centro de vacinação

O autarca da Batalha, Paulo Batista Santos, “refere que este novo espaço da ExpoSalão reúne condições de excelência para apoiar o processo de vacinação, um dos maiores centro de exposições ibérico privado, cuja cedência imediata é um extraordinário exemplo de responsabilidade social dos empresários portugueses no combate à pandemia da Covid-19”.

Para além deste centro de vacinação, a autarquia da Batalha organizou um segundo ponto de vacinas no edifício da freguesia de São Mamede, por ser o local mais distante da sede do Concelho e assim evitar deslocações à população, com capacidade para administrar cerca de centena e meia de vacinas por dia.

Para facilitar o acesso dos mais idosos à vacinação, a Câmara Municipal da Batalha está a disponibilizar um serviço de táxi gratuito, que funciona através de chamada telefónica, bem assim desenvolve o apoio no contacto com os utentes para o processo de vacinação, através de comunicação telefónica ou no contacto direto nas suas residências, “para que ninguém fique por vacinar”, esclarece o autarca da Batalha.

Os números referentes ao volume de vacinas no Concelho da Batalha, mostram que já foram vacinadas cerca de 900 pessoas integradas na primeira fase de vacinação, dirigida para pessoas com mais de 50 anos, com patologias associadas, e para pessoas com 80 ou mais anos de idade, incluindo os lares, profissionais de saúde e bombeiros, prevendo-se este número possa duplicar nas próximas 3 a 4 semanas.

    Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.