Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/19

Primeira fase destina-se a pessoas e atividades económicas prioritárias e deve atingir 1.600 testes

Câmara da Batalha vai dar início à campanha de realização de testes rápidos à COVID-19 por antigénio

Cartaz

Com o intuito de acompanhar as medidas de desconfinamento anunciadas pelo Governo esta quinta-feira, dia 11 de março, a Câmara da Batalha vai dar início à campanha de realização de testes rápidos à COVID-19 por antigénio, uma medida considerada essencial pela Organização Mundial de Saúde e garante resultados em 15 a 30 minutos.

De acordo com os especialistas, os testes rápidos de antigénio permitem uma resposta rápida através de rastreio e a identificação precoce de possíveis casos positivos, sendo considerados fundamentais para tomar decisões rápidas de triagem e segregação de clusters e essenciais no acompanhamento do desconfinamento e respetivo controlo da pandemia.

O Município da Batalha vai igualmente assegurar a testagem do pessoal não docente e docente a exercer funções no pré-escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico, bem assim a distribuição de máscaras aos alunos do 1º ciclo, acompanhando o reinício das atividades letivas na próxima semana, “uma vez que não se vislumbra a possibilidade do Governo concretizar os testes e entrega de máscaras que anunciou antes da retoma destas atividades”, esclarece ao autarca da Batalha, Paulo Batista Santos.

Os testes serão administrados por um laboratório de referência nacional nas instalações do Complexo Desportivo da Batalha (Zona Desportiva) e no edifício da Junta de Freguesia de São Mamede, devendo os interessados proceder à respetiva inscrição, gratuita, através do endereço https://teste-covid.batalhaonlife.pt

“O projeto será faseado e gradual, estando previsto na primeira fase, para pessoas e atividades económicas prioritárias, atingir o objetivo de 1.600 testes. Nas fases subsequentes e generalizadas a toda a população, poderão ser realizados até 500 testes por semana”, adianta o presidente da Câmara da Batalha, Paulo Santos.

    Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.