Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/19

Atual comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria

Carlos Guerra é o candidato do PS à presidência da Câmara Municipal de Alcobaça

Carlos Guerra

O atual comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria e ex-vereador da Câmara Municipal de Alcobaça, Carlos Guerra, será o candidato do Partido Socialista à presidência da Câmara Municipal de Alcobaça e José Canha, ex-candidato à presidência da Câmara Municipal de Alcobaça em 2013 será o candidato socialista à presidência da Assembleia Municipal, nas eleições autárquicas de 2021. A decisão partiu da reunião da Comissão Política Concelhia de Alcobaça do PS que teve lugar esta sexta-feira, dia 12 de março.

Em comunicado, a Concelhia de Alcobaça da Juventude Socialista afirma que procurou estar à altura da responsabilidade que sempre reconheceu neste processo eleitoral cunhado de forma democrática e transparente. Com base no voto individual e secreto, garantiu-se a legitimidade do resultado, que deve agora ser acreditado por todos aqueles que desejam uma alternativa coerente, solidária e fraterna para o Concelho de Alcobaça. Resta-nos expressar o nosso ânimo e entusiasmo com o futuro que continuaremos a construir em união.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Joaé António

Lá se foi o outro, o Rui das "escadinhas" não era? Quanto a este parece ter melhores costados socialistas, só que, apresentado assim, apenas com a sonoridade do nome (lembra o outro Guerra, o Miguel, que foi o único presidente PS que Alcobaça teve desde 1976, não é verdade?), fica-se sem saber o que pensa de ou para Alcobaça, que projetos tem na manga para o futuro próximo e para o seu (eventual) mandato, o que tem andado a fazer na vida, o seu "cadastro", etc. etc. O que dava muito jeito para esclarecimento do eleitor. Já miné, o mais-que-provável futuro presidente, aguarda, como sempre, as ordens do chefe Rio... mas pergunta-se: não é de uma eleição autárquica que se trata? Não será aos eleitores do município que miné vai ter de responder pelas "suas" políticas? E o que será que miné pensa de ou para Alcobaça; que projetos tem em vista para o futuro próximo e para o seu (eventual) mandato. O que sabemos - o que tem andado a fazer na vida - não abona grande coisa a seu favor e o seu "cadastro" pode dizer-se já bastante extenso... dívidas colossais de centros escolares, contas astronómicas de água que não é consumida mas é paga na mesma pela câmara, hospitais virtuais em Alfeizerão, virtuais zonas industriais na Benedita, uma VCI que cai aos bocados, feita à pressa para ganhar votos; um PDM eternamente adiado, ou melhor talvez: feito a conta-gotas, durante almoços do maior "interesse público", isto já para não falar da magna obra de desertificação municipal, o saibro em frente ao Mosteiro, e da tão fluvial "recuperação" da marginal de São Martinho do Porto, enfim, uma obra "memorável"... fruto de quantos mandatos? Ora, vamos lá ver: 3 com Sapinho, mais 3 com Inácio = 24 anos! É de facto surpreendente... para um rapaz que um dia... por falta de inteligência... não conseguiu passar nos testes para... fiscal da câmara... Seria esclarecedor também saber o pensa o (novo) Guerra do seu tão "experiente" adversário político, da sua« obra tão vasta e tão prolífera!