Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/19

Pedro Magalhães Ribeiro pede à comunidade para manter o cumprimento das medidas de prevenção de contágio

Câmara Municipal do Cartaxo reabre alguns equipamentos municipais

Sede da Câmara Municipal do Cartaxo

No âmbito do plano de desconfinamento aprovado pelo Conselho de Ministros, o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo decidiu esta segunda-feira, dia 15 de março, por Despacho, a reabertura da Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita, do Cemitério Municipal do Cartaxo, do Complexo Desportivo e Cultural da Quinta das Pratas, do Parque de Santa Eulália e dos parques infantis. Pedro Magalhães Ribeiro destaca a importância de toda a comunidade manter o cumprimento das medidas de prevenção de contágio para que não haja retrocessos na abertura das atividades económicas, desportivas, culturais e sociais, prevista para os próximos meses.

A Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita – que durante o confinamento manteve o serviço de empréstimo de livros com entrega ao domicílio – e o Cemitério Municipal do Cartaxo, vão reabrir, mantendo o cumprimento integral do Plano de Contingência.

Pedro Magalhães Ribeiro apela a toda a comunidade para “que se mantenha consciente, a cada momento, que a Covid-19 não acabou”, alertando que o processo de vacinação é lento, que continua em vigor a obrigação geral de recolhimento domiciliário e que “as empresas, o comércio local e a restauração da nossa terra precisam que este pequeno passo de desconfinamento seja um passo seguro. Não pode haver retrocessos quer pelas elevadas consequências para a economia local, quer pelo risco para a saúde de cada pessoa, de cada família”.

Mantém-se encerrados o Centro Cultural do Cartaxo, o Museu Rural e do Vinho e o seu Centro de Promoção Vitivinícola, o Auditório da Quinta das Pratas, o Centro de Convívio do Cartaxo, as Piscinas Municipais, o Estádio Municipal, o Pavilhão do INATEL e o Pavilhão Municipal de Exposições, assim como, o Skate Park, no qual foram esta semana instalados os novos equipamentos.

O plano de desconfinamento aprovado em Conselho de Ministros prevê a reabertura gradual das atividades económicas, culturais, desportivas e sociais em quatro fases que se iniciaram a 15 de março e, caso não haja alterações, se concluem a 3 de maio.

   Fonte: MS|GIC|CMC

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.