Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/19

Em causa as novas competências municipais na área da saúde  

Município da Batalha reúne com responsáveis do ACES do Pinhal Linhal para implementar descentralização

Município da Batalha foi o único no distrito de Leiria a receber as novas competências na área da saúde

A Câmara da Batalha realizou esta quinta-feira, dia 18 de março, uma reunião de preparação da transferência das novas competências municipais na área de saúde, com a participação dos membros do Conselho Clínico e de Saúde do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Pinhal Litoral, Denise Velho, Rui Passadouro, Marco Neves e Mara Cardoso, e ainda com o Coordenador da Unidade de Saúde Familiar “Condestável”, João Paulo Simões, definindo uma planificação a implementar a partir do próximo dia 01 de abril.   

A equipa do ACES Pinhal Litoral, coordenada pela presidente do Conselho Clínico, Dra. Denise Alexandra Velho, registaram-se a sua satisfação pelo início desta parceria com o Município da Batalha e apresentaram a total disponibilidade para colaborar no processo de gestão e monotorização da saúde local, inclusive contribuir tecnicamente para a atualização da Estratégia Municipal para a Saúde, designadamente na definição das principais linhas orientadoras da elaboração da estratégia local de promoção da Saúde do Município da Batalha.

Recorde-se que o Município da Batalha foi um dos primeiros municípios portugueses e único no distrito de Leiria a receber as novas competências na área da saúde, passado para sua gestão imediata os imóveis e equipamentos (não médicos) afetos apenas à prestação de Cuidados de Saúde Primários, a titularidade dos veículos e os recursos humanos, inseridos na carreira de assistente operacional.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Batista Santos “o sucesso desta parceria que visa servir melhor as populações depende da boa colaboração entre as partes e esse desafio foi aceite por todos, o que muito agradecemos e nos estimula a fazermos mais e melhor também na área dos cuidados de saúde primários”.

     Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.