Edição: 245

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/4/19

Presidentes do TCP e CMA eram amigos de Almeida Henriques

Turismo do Centro e Câmara de Alcobaça lamentam profundamente o desaparecimento de Almeida Henriques

Almeida Henriques com Pedro Machado e autarcas da Região Centro

É com um sentimento enorme de tristeza que a Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal se junta aos votos de pesar pelo desaparecimento de António Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu.

Associamo-nos, assim, ao reconhecimento público para com um homem e um autarca exemplar, que contribuiu de forma ímpar para o engrandecimento da região Centro de Portugal e do país, em todas as áreas em que pautou o seu trajeto pessoal e profissional, sempre com invulgar brilhantismo. No seu percurso, abraçou sempre, de forma inexcedível e com grande entusiasmo, as iniciativas desta Entidade Regional. O seu desaparecimento tão prematuro representa uma perda irreparável. É um verdadeiro amigo que vemos partir.

António Almeida Henriques dedicou a sua vida ao desenvolvimento da região e do país. Entre os seus inúmeros contributos para a causa pública, destacam-se, além da autarquia de Viseu, os cargos de Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional, Adjunto do Ministro da Juventude e Deputado da Assembleia da República em quatro legislaturas.

Os pensamentos e a solidariedade do Turismo Centro de Portugal estão, nesta hora difícil, com a família e amigos enlutados.

    Paulo Inácio: Almeida Henriques esteve na linha da frente no combate à pandemia

“Como é do conhecimento público, faleceu com COVID-19 um colega e um amigo, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques. Em meu nome pessoal e em nome do povo de Alcobaça, endereço os meus sentidos pêsames a toda a sua família bem como aos viseenses”, escreveu o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça na sua página de Facebook.

“Um homem que esteve na linha da frente no combate à pandemia, mas sempre com os cuidados devidos porque tinha a noção das suas patologias e riscos pessoais. Apesar disso, não resistiu infelizmente a esta doença que nos tem fustigado a todos há mais de um ano”, concluiu.

   Fonte: TCP e AdC

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.