Edição: 246

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/5/18

Movimento pela Marinha e Mais Concelho assinam Acordo Autárquico

Independentes da Marinha Grande juntam-se e criam o + MPM – Movimento pelo Concelho

Aurélio Ferreira (MPM) e João Brito (+ Concelho) assinaram o Acordo Autárquico

Os dois movimentos independentes que concorreram às duas últimas eleições autárquicas na Marinha Grande, MPM – Movimento pela Marinha e o +C – Mais Concelho, assinaram um Acordo Autárquico no dia 12 de abril, em frente ao Arquivo Municipal da Marinha Grande. A criação do novo GCE denominado + MPM – Movimento pelo Concelho, é considerado um processo de evolução natural de resposta à vontade dos cidadãos.

“Ao longo dos últimos 8 anos temos honrado o compromisso político que, com muito trabalho e empenho, desempenhamos num verdadeiro cumprimento do serviço público, caminho que não é fácil pelas razões que conhecem. Continuamos a acreditar que os cidadãos independentes se constituem como uma força distinta no processo de mudança autárquica. Por isso, com a convicção de que a aliança entre os dois GCE, MpM e o +C, materializa o desejo de muitos cidadãos da Marinha Grande num novo desenvolvimento de sinergias para a mudança na gestão autárquica, nunca abdicando dos nossos valores, disponibilidade e seriedade, em prol dos Marinhenses, Moitenses e Vieirenses”, sublinham os dois movimentos.

A criação do + MPM tem por base a convicção de que o Município da Marinha Grande precisa de ter na política ativa, em particular nos órgãos autárquicos, pessoas competentes, independentes, com pensamento livre e estratégico para o desenvolvimento económico e social da Marinha Grande.

Segundo o Acordo, “nos últimos anos, tem sido governado por um grupo de pessoas que em nada dignificou o serviço público e os princípios da administração, que revelou incompetências e incapacidades para colmatar as principais necessidades das pessoas, sem capacidade para executar projetos estruturantes” e, por isso, “a união entre cidadãos independentes constitui-se como uma força distinta no processo de mudança autárquica que o Município necessita.”

Para os signatários, “a aliança entre o MpM e o +C, resultante do diálogo e da cooperação, materializa o desejo de muitos cidadãos da Marinha Grande num novo empenho de sinergias para a mudança na gestão autárquica do Município.”

De salientar que o Acordo não refere qualquer acordo prévio de distribuição de lugares pelos dois movimentos, estando apenas assente que a liderança caberá a Aurélio Ferreira, cabeça de lista do MpM, que elegeu dois vereadores nas Autárquicas de 2017

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.