Edição: 246

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/5/18

Batalha decide reforçar os testes rápidos nas empresas e investe 40 mil euros no centro de saúde de São Mamede

Município da Batalha vai aumentar número de testes rápidos à Covid-19 junto das empresas

A Câmara Municipal da Batalha vai investir 40 mil euros na requalificação do Centro de Saúde de São Mamede, no quadro da descentralização de competências na área da Saúde e como medida de melhoria de atendimento dos utentes e qualificação das condições de trabalho dos profissionais de saúde.

Esta intervenção visa melhorar as condições de segurança e funcionalidade daquele Centro de Saúde que apresenta vários problemas de conservação e que desde o dia 01 de abril se encontra sob gestão municipal, seguindo-se à intervenção já realizada no Centro de Saúde do Reguengo do Fetal que permitiu a reabertura daquela unidade de cuidados de saúde primários.

«O Município da Batalha definiu um plano de investimentos na saúde e vai reforçar as medidas de apoio à população no âmbito da pandemia que estamos a viver, uma vez que ainda registamos níveis de incidência que devem merecer uma resposta imediata», refere o presidente da câmara municipal da Batalha, Paulo Batista Santos.

No tocante ao acompanhamento da evolução da pandemia, o município da Batalha em articulação com a Unidade de Saúde Pública de Leiria, decidiu aumentar o número de testes rápidos à Covid-19 junto das empresas e setores de maior risco, como medida de prevenção ao recente aumento de número de casos ativos identificados na população escolar e com consequências na Comunidade.

Neste particular, esta semana serão realizados mais de meio milhar de testes rápidos à Covid-19, bem assim as situações identificadas no meio escolar estão a ser devidamente acompanhadas pelas autoridades de saúde, embora com o “reforço de atenção por parte do município, uma vez que os casos foram identificados tardiamente e infelizmente com consequência para a comunidade”, refere o autarca da Batalha.

Note-se que os testes realizados pelo Ministério de Educação aos alunos e demais comunidade escolar ocorreram já depois da retoma das atividades escolares, no meio da semana, e desta forma permitiu-se alguns contactos que seriam evitados caso a testagem ocorre-se imediatamente antes do reinício das aulas presenciais.

O Município da Batalha apresenta à data de hoje 20 casos ativos, o que em função da população, corresponde 125 casos por cem mil habitantes, o que coloca o concelho em risco moderado.

   Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.