Edição: 246

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/5/18

Sucedendo a Odivelas (2020), Portimão (2019) e Braga (2018)

Leiria vai ser Cidade Europeia do Desporto em 2022

Carlos Palheira e Gian Franco Lupatelli com o livro da candidatura de Leiria

O presidente da Associação das Capitais e Cidades Europeias do Desporto (ACES Europa) anunciou este sábado, dia 1 de maio, a nomeação de Leiria para Cidade Europeia do Desporto em 2022. Em conferência de imprensa, realizada no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, Gian Franco Lupatelli revelou o resultado de uma avaliação que culminou numa visita de dois dias ao concelho, considerando que “Leiria fez um trabalho fantástico e é, de verdade, uma cidade europeia do desporto”.

Para Carlos Palheira, vereador do Desporto da Câmara Municipal de Leiria, este título será “uma grande responsabilidade e um grande desafio, mas iremos conseguir, pois temos todas as condições, fizemos um bom trabalho e foi isso que demonstrámos durante a visita”.

“Tínhamos muito para mostrar: o que temos, o estado das nossas instalações, a diversidade, o nosso tecido associativo e os números impressionantes” da prática do desporto no concelho, acrescentou o autarca, salientando, nomeadamente, que o concelho de Leiria tem 57% da sua população ativa- o dobro da média nacional -, 180 clubes, dos quais 170 têm atividade federada, e 10 mil praticantes de modalidades desportivas, se incluirmos os escalões infantis.

Para o responsável do ACES Europa, só pelo peso do livro produzido pela autarquia, a candidatura [entregue sexta-feira na Gala de apoio] “vale muitíssimo, é um dossier de trabalho a todos os níveis e é importante que, um dia, seja apresentado em todas as escolas”. O dirigente italiano anunciou a atribuição do título a Leiria de uma forma original, perguntando aos jornalistas presentes na sala se queriam que Leiria fosse nomeada Capital Europeia do Desporto e só depois de uma segunda e sonora resposta afirmativa desfez o enigma.

Em relação à visita, Gian Franco Lupatelli destacou o envolvimento e a participação de altas individualidades desportivas e políticas nacionais, sendo “demonstração de que título vale muito”, para além da deslocação ao Percurso Polis, onde a comitiva teve a possibilidade de assistir a apresentações das várias modalidades praticadas no concelho.

A indicação do título de Cidade Europeia do Desporto em 2022 sucede a Odivelas (2020), Portimão (2019) e Braga (2018) e só foi possível com a obtenção de um total de 75 pontos, numa corrida que contava inicialmente com a candidatura de outra cidade portuguesa, mas que acabou por se retirar devido à pandemia da COVID-19.

   Mário Lopes
(Com GRPG|CML)

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.