Edição: 247

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/6/16

Até ao dia 15 de outubro

Centro de Meios Aéreos de Alcaria acolhe um dos três helicópteros destinados à região de Leiria

Cerca de 5,3 km foram beneficiados com aplicação de 10 toneladas de touvenant

Tem início, no dia 15 de maio, o período “nível dois de risco de incêndio”. Neste sentido, o Centro de Meios Aéreos de Alcaria passa a acolher um dos três helicópteros bombardeiros médios, destinados à região de Leiria, disponíveis até ao dia 15 de outubro.

A GNR iniciará a fiscalização neste âmbito, a partir de 16 de maio, data a partir da qual elaborará autos por contraordenação quando detete situações de incumprimento.

No âmbito do Plano Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios, o Município de Porto de Mós tem tido uma voz ativa. No Concelho tem havido uma aposta clara na beneficiação da rede viária florestal, de forma a garantir acessos condignos aos agentes de proteção civil envolvidos, em caso de incêndio. Nesta fase encontram-se já concluídos os trabalhos em Mira de Aire e Casal Duro, tendo sido beneficiados cerca de 5,3 km, com aplicação de 10 toneladas de touvenant.

Presentemente encontram-se a decorrer os trabalhos de beneficiação no Juncal, visando uma beneficiação de 15 km de caminhos. Estes trabalhos de beneficiação resultaram de uma parceria com o ICNF, com a cedência das máquinas para a realização dos trabalhos, sendo os restantes encargos de responsabilidade inteiramente municipal.

O Município, no âmbito das suas responsabilidades, encontra-se a executar as Faixas de Gestão de Combustível da Rede Viária (10m), prevista no PMDFCI para o ano 2021, com o apoio das duas equipas de sapadores florestais, estando já concluídos os trabalhos na Freguesia do Alqueidão da Serra e em curso os trabalhos na Freguesia de Serro Ventoso, sendo que será dado cumprimento à execução das faixas em todas as freguesias do Concelho.

Relembre-se, ainda, que Porto de Mós integra o projeto do sistema de vídeo vigilância, constituído por 11 torres permanentes, na área da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, que permitem em tempo real obter informação relativa aos pontos de ignição, inclusive de queimas e queimadas, pelo que apelamos para que comunique sempre a queima de sobrantes que realizar para que não sejam acionados os meios de proteção e socorro indevidamente.

     Fonte: PA|GC|CMPM

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.