Edição: 247

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/6/16

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, foi um dos oradores na conferência “Landing – Novas Tendências da Comunicação de Turismo”

Centro de Portugal participa na FITUR - Feira Internacional de Turismo em Madrid

Pedro Machado

A marca Centro de Portugal está a participar de forma intensa na FITUR 2021 – Feira Internacional de Turismo, que se realiza em Madrid até ao próximo domingo. Esta é a primeira feira presencial em todo o mundo no atual contexto de pandemia.

Dia 19 de maio, primeiro dia do certame, Pedro Machado, presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal (TCP) e da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal (ARPTCP), participou na conferência “Landing – Novas Tendências da Comunicação de Turismo”. Esta conferência é um evento anual integrado na FITUR, em que profissionais da indústria do audiovisual, do turismo, do marketing e da publicidade partilham as suas ideias e experiências.

Pedro Machado foi o único representante português no evento, ao lado da diretora do Turismo de Barcelona, do diretor do Turismo de Madrid, do diretor do Turismo das Grandes Canárias e do CEO do Interface Tourism Spain. O tema da conferência foi “Os Desafios da Comunicação Audiovisual Pós-Covid para os Destinos”.

Projetos transfronteiriços em grande destaque

Também esta quarta-feira, no pavilhão da Extremadura, teve lugar uma sessão de apresentação do projeto Caminhos Jacobeus do Oeste Peninsular, em que a TCP é interveniente ativa. Este é um projeto transfronteiriço, liderado pela Diputación de Badajoz, que visa a promoção e salvaguarda conjunta do património cultural e turístico dos Caminhos de Santiago. A recente constituição da Rede Transfronteiriça dos Caminhos Jacobeus do Oeste Peninsular veio reforçar a pertinência e a importância desta estratégia comum de preservação, dinamização e comunicação destes itinerários culturais ibéricos.

Na sessão, Pedro Machado sublinhou a mais-valia deste trabalho conjunto, que dá dimensão e escala a um produto turístico estratégico para ambos os países, e recordou que o Turismo Espiritual e Religioso é um dos pilares estratégicos do posicionamento turístico da região Centro de Portugal. “No ano em que se celebra a Peregrinação a Santiago de Compostela, este trabalho de promoção e comunicação conjunta assume um maior relevo e importância”, disse.

Pedro Machado lembrou que, da parte da TCP, está a decorrer o processo de certificação dos diferentes itinerários do Caminho Português de Santiago, estando em conclusão a colocação de sinalética e painéis informativos. Em breve será lançado o procedimento para o desenvolvimento da aplicação de novas tecnologias ao Caminho, nomeadamente o desenvolvimento de um website e de uma app “Caminhos de Santiago no Centro de Portugal”.

Ainda no produtivo dia de quarta-feira, decorreu no Pavilhão de Castela e Leão uma sessão de apresentação do projeto NAPOCTEP – Rotas Napoleónicas por Espanha e Portugal. Este é outro projeto transfronteiriço, que envolve parceiros de Castela e Leão e do Centro de Portugal, como é o caso da TCP e que assenta nas Rotas Napoleónicas enquanto produto turístico. Nesse sentido, foram apresentadas as principais Rotas Napoleónicas deste território alargado e foi reafirmada a ambição de posicionar este produto turístico estratégico no contexto do itinerário cultural europeu “Destination Napoléon”.

Os vários parceiros deste projeto estão a desenvolver, com a Federação Europeia das Cidades Napoleónicas, um programa de animação comemorativo do centenário da morte de Napoleão Bonaparte, que decorre ao longo do ano de 2021. Inserido neste programa, a CIM da Região de Coimbra produziu um filme sobre as invasões napoleónicas, que será apresentado em breve.

    Sobre o Turismo Centro de Portugal:

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.

    Fonte: TCP e AdC

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.