Edição: 249

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/8/2

Num convite à fruição responsável

Junta de Freguesia de Alguber implementa miradouro-baloiço na Serra de Todo-o-Mundo

Miradouro-baloiço da Serra de Todo-o-Mundo

A Junta de Freguesia de Alguber (Cadaval) abriu, dia 21 de maio, ao público interessado, o Miradouro-baloiço da Serra de Todo-o-Mundo, no intuito de proporcionar uma área temática onde a paisagem, história e património se aliam num convite à visita daquela serra.

A mesma entidade assinala as vertentes lúdica, paisagista e também recreativa da mesma serra, «onde, nas caminhadas e atividades de ar livre, poderão registar-se momentos através de observação de paisagem, fotografia e lazer».

A abertura do novo espaço deu-se «sem cerimónias e sem inaugurações, fruto da situação que todos atravessamos», ficando porém disponível, desde aquela data, para ser visitado pelas comunidades locais, visitantes e turistas.

«A Serra de Todo-o-Mundo fica situada entre as freguesias de Alguber, Landal e Painho/Figueiros, e representa um enorme legado de património cultural, natural, paisagístico e lendário, pois muitas lendas estão associadas a esta belíssima serra, que tem como padroeira Nossa Senhora de Todo-o-Mundo», avança a mesma edilidade.

Com a construção do Miradouro-baloiço da Serra de Todo Mundo, a Junta de Freguesia de Alguber quis «proporcionar uma área temática, onde a paisagem, história e património são fatores de grande importância».

A autarquia alguberense adianta tratar-se de «um local místico e rodeado de enorme beleza», «onde em tempos se realizou um festival jovem, de nome “Naturfest”, e que marcou decididamente este local emblemático».

A junta de freguesia convida à visita do espaço e solicita a preservação do mesmo, evitando levar viaturas para dentro do perímetro do miradouro.

   Fonte: BF|SCRP|CMC

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.