Edição: 250

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/9/22

Candidatura em Peniche tem o lema “A Alternativa Que Faz a Diferença!”

António Moniz e Dulce Encarnação são candidatos do Bloco de Esquerda à Câmara e Assembleia Municipal de Peniche

António Moniz

António Moniz, sociólogo, Professor universitário na Universidade Nova de Lisboa (FCT-UNL) desde 1983 e investigador do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais (CICS.NOVA), é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Peniche. Por sua vez, Dulce Encarnação, de 54 anos, natural de Lisboa e residente em Peniche, Licenciada em Tradução pelo ISLA de Lisboa, é a candidata do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal de Peniche.

Para o Bloco de Esquerda, “o Município de Peniche há muito espera por uma mudança de fundo. Nas últimas eleições foi possível alterar o rumo da maneira de fazer política. Para surpresa de muitos, os munícipes confiaram nas propostas sensatas e concretas que prometiam profundas alterações. Mas ao longo destes últimos anos percebeu-se que existem muitas resistências, e o lema da “grande mudança” foi adiado sucessivamente. Algumas coisas mudaram efetivamente, mas mudaram muito lentamente, e a maioria das propostas foram deixadas de lado ou mesmo ignoradas.

Segundo António Moniz, “os munícipes ficaram cansados, e tudo lhes parece frustrado: muitas promessas e poucas concretizações. Por isso nos candidatamos. Para fazer valer a palavra dada quanto às propostas que vão melhorar a qualidade de vida dos munícipes de Peniche. Vamos contribuir para um modo novo de fazer política. Candidato-me à Autarquia para que exista uma voz independente das principais forças políticas no concelho e que não se cansará de levar a voz dos que não têm acesso ao poder. Que se sentem frustrados por continuarem a ver que Peniche não consegue sair do seu marasmo económico.”

O candidato garante que “o investimento e o aumento do emprego acontecem quando tivermos bons transportes públicos, boas infraestruturas urbanas, um bom plano de desenvolvimento empresarial, uma estratégia de apoios sociais para melhorar a qualidade de vida dos seus cidadãos mais idosos, mais jovens, imigrantes, minorias étnicas, religiosas ou culturais, uma boa comunicação dos cidadãos com os órgãos autárquicos. Acontecem quando tivermos maior atenção ao ambiente, mais jardins e arborização, melhor preservação do património cultural. Acontecem quando os índices de saúde e educação melhorarem, e quando maior for a diversidade de atividades culturais.”

Dulce Encarnação

Por isso, “justamente fazemos propostas que vão nesse sentido. São propostas concretas, possíveis de serem concretizadas nos próximos anos, e que iremos sempre dando conta do seu estado de realização. Queremos ainda instituir o Orçamento Participativo com regularidade, para que Peniche possa ter também realizações propostas pelos seus munícipes, e não apenas obra realizada pela Câmara e Juntas de Freguesia. Seremos, por isso, a Alternativa Que Faz a Diferença”, conclui

António Moniz

Sociólogo, e Professor universitário na Universidade Nova de Lisboa (FCT-UNL) desde 1983, investigador do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais (CICS.NOVA). Tem sido convidado a colaborar com várias universidades estrangeiras no Canadá, Alemanha, Estados Unidos, França e Espanha. Foi fundador do Bloco de Esquerda, e tem participado como candidato a diversas eleições. Foi ainda cabeça de lista pelo Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal de Peniche nas eleições autárquicas de 2013. Atualmente é deputado na Assembleia Municipal de Peniche pelo GCEPP (2017-21).

A sua área de investigação principal é a relação entre tecnologia e sociedade, em particular nas questões associadas ao emprego e ao trabalho. Foi coordenador científico de um estudo sobre o futuro do emprego nas pescas (MARHE) financiado pelo Ministério do Trabalho, que foi um dos primeiros projetos da ADEPE. É membro da Comissão Distrital do Bloco de Esquerda (distrito de Leiria) em representação do Núcleo Concelhio de Peniche.

Dulce Encarnação

54 anos, natural de Lisboa e residente em Peniche. Licenciada em Tradução pelo ISLA, Lisboa. Desenvolveu toda a sua atividade profissional como tradutora e revisora na área das Tecnologias de Informação, à exceção do período 2016-2019 em que trabalhou na ESIP em Peniche. Atualmente, trabalha como revisora de conteúdos Google.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.