Edição: 248

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/7/29

Procedimento oftalmológico por LASER Excimer

Centro Hospitalar de Leiria realiza a primeira cirurgia refrativa que corrige erros refrativos em miopia e astigmatismo

Análise do olho humano

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) realizou na manhã desta quinta-feira, 1 de julho, com sucesso, a primeira cirurgia refrativa por LASER Excimer (LASIK – laser in situ keratomileusis) na especialidade de Oftalmologia, na cirurgia de ambulatório do Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, a três doentes com miopia e astigmatismo. O objetivo deste procedimento é a correção cirúrgica de erros refrativos, nomeadamente o tratamento de miopia (inferior a 6-8 dioptrias) e do astigmatismo (inferior a 4 dioptrias) na idade adulta.

O procedimento cirúrgico foi realizado pelos médicos oftalmologistas João Paulo de Sousa e Arminda Martins Neves, respetivamente diretor e assistente hospitalar do Serviço de Oftalmologia do CHL, com a participação especial de Luís Oliveira, do Centro Hospitalar Universitário do Porto, assistidos por uma equipa de profissionais do Serviço do CHL.

A cirurgia refrativa por este tipo de LASER utiliza uma tecnologia de elevada precisão, sendo uma técnica simples, segura, com uma alta taxa de sucesso, que permite corrigir erros refrativos como a miopia e o astigmatismo. Os doentes elegíveis para esta nova cirurgia no CHL são criteriosamente selecionados e aceites após consentimento informado.

Equipa cirúrgica

«Este procedimento cirúrgico é fundamental num serviço de Oftalmologia de qualidade, com uma vertente de tratamento de erros refrativos em doentes muito bem selecionados, evitando complicações pós-cirúrgicas que sejam previsíveis no pré-operatório, pois são doentes jovens que normalmente têm boa acuidade visual com óculos e/ou lentes de contacto», destaca João Paulo de Sousa. «Estimamos operar com este procedimento entre 500 a 750 doentes por ano».

No procedimento, efetuado em ambulatório sob anestesia local, o médico oftalmologista usa um LASER para remodelar a córnea, o que melhora a forma como o olho foca os raios de luz na retina. A recuperação visual pós cirurgia LASIK é mais rápida, menos dolorosa e com melhores resultados em comparação com outras técnicas cirúrgicas, e habitualmente os doentes podem regressar à sua atividade normal quase de imediato, devendo ter cuidado nos primeiros dias com exposição a poeiras e produtos químicos.

«Hoje demos mais um importante passo na nossa instituição, com a disponibilização de uma cirurgia de oftalmologia que melhora a saúde visual dos doentes, através de um procedimento rápido e de elevado rigor, que não requer internamento», salienta Licínio de Carvalho, presidente do Conselho de Administração do CHL. «Esta técnica eleva a nossa oferta tecnológica e cirúrgica, que contribui para o contínuo crescimento da qualidade e de diferenciação dos cuidados de saúde que prestamos à nossa comunidade, neste caso no Serviço de Oftalmologia.»

    Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.