Edição: 248

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/7/29

Instituição não teve qualquer surto de COVID-19

CERCINA presta reconhecimento aos profissionais do apoio direto pela dedicação durante a pandemia

Assembleia-geral da CERCINA de 18 de junho

A CERCINA, reunida em assembleia geral no dia 18 de junho, deu nota pública de reconhecimento aos profissionais da organização que estiveram na linha da frente do combate ao COVID-19. «Mais do que merecido, é justo, deve ter uma expressão pública e, fundamentalmente, deve ficar registado para memória futura», defendeu o presidente Joaquim Pequicho.

«O espírito de missão, a abnegação e o compromisso que sentimos nos profissionais das respostas sociais de Lar Residencial, Residência Autónoma e Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão devem merecer de toda a organização um forte aplauso».

O presidente da CERCINA recordou que 2020 foi um ano «marcado pela incerteza e pela insegurança quanto à nossa proteção individual, dos nossos familiares dos nossos colegas de profissão e, particularmente, das pessoas que apoiamos, para as quais mobilizámos o melhor de cada um de nós para as proteger».

Joaquim Pequicho salientou também a «cooperação interna entre serviços, o suporte, o apoio verificado e a disponibilidade para dar cumprimento à missão» da CERCINA num ano que «exigiu a reprogramação do plano e o respetivo ajustamento das prioridades definidas». Entre os desafios enfrentados e as conquistas coletivas alcançadas, o presidente do Conselho de Administração destacou o facto da organização não ter registado, até à data, um surto de Covid-19. «Fomos “agraciados”, é um facto, mas também fomos suficientemente competentes na forma como lidámos com esta crise sanitária», concluiu Joaquim Pequicho.

Nas duas sessões da reunião magna da CERCINA, foram apresentados e aprovados por unanimidade os relatórios de atividades e gestão do ano 2020 e o Plano de Atividades e Orçamento para 2021.

O orçamento, no valor aproximado de um milhão de euros, contempla as obras de requalificação do edifício sede / Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão, estimadas em cerca de 400 mil euros.

    Fonte: CERCINA

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.