Edição: 248

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/7/29

Com venda/distribuição direta ao consumidor

PSP das Caldas da Rainha prende mãe e filha pela prática do crime de tráfico de estupefacientes

Material apreendido pela PSP

O Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública de Leiria, através da Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial de Caldas da Rainha, desenvolveu naquela cidade, entre as 7h e as 14h30 do dia 8 de julho de 2021, uma operação policial de combate ao tráfico de estupefacientes, que visou dar cumprimento de um mandado de detenção fora de flagrante delito e quatro mandados de busca, uma das quais domiciliária, uma não domiciliária e duas em viaturas automóveis.

Na sequência da referida operação, que teve por principal objetivo interromper a atividade ilícita desenvolvida pelas suspeitas, foram detidas duas mulheres, mãe e filha, de 44 e 24 anos de idade, encontrando-se ambas indiciadas pela prática do crime de tráfico de estupefacientes, com venda/distribuição direta ao consumidor.

No âmbito do inquérito e da investigação levada a cabo, durante cerca seis meses, por polícias da Esquadra de Investigação Criminal de Caldas da Rainha, com o apoio de polícias da Esquadra Sede da mesma Divisão e que culminou agora, nesta operação policial de combate ao tráfico, foi possível proceder à apreensão de material e equipamento, envolvido ou resultante/proveniente da atividade ilícita praticada pelas suspeitas.

Foi apreendido, nomeadamente, uma viatura automóvel, 540 € em notas do BCE,  várias embalagens de heroína, num total de 97,20 gramas, equivalente a 972 doses individuais, várias embalagens de cocaína, num total de 18,00 gramas, equivalente a 90 doses individuais, uma balança de precisão digital, uma planta de canábis, em vaso com 1.70 m de altura, diversos documentos e outros objetos relacionados com a atividade de tráfico e vários equipamentos elétricos eletrónicos que se suspeita serem provenientes do tráfico de droga.

Relativamente às detidas, as mesmas, irão ser presentes, durante o dia de sexta-feira, a primeiro interrogatório judicial no JIC de Leiria, a fim de lhes serem aplicadas respetivas medidas de coação.

    Fonte: CDL|PSP

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.