Edição: 250

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/9/20

Coligação PCP-PEV quer expo/feira/festa do município

CDU quer comemorações religiosas separadas das municipais no Dia de São Bernardo

Clementina Henriques e António Raposo, candidatos da CDU à Câmara e Assembleia Municipal de Alcobaça

A Coordenadora Concelhia da CDU de Alcobaça defende um grande debate, polémico para alguns, antes da programação da Feira de São Bernardo, com uma Nova Feira de São Bernardo ou Feira do Município de Alcobaça com Programa específico religioso/histórico à parte. A CDU discorda completamente que se anunciem festejos do Dia de São Bernardo, com Expensive Soul, Jorge Palma e Toy, defendendo antes outras comemorações do Dia do Município e uma separação clara entre a parte religiosa e componente histórica de Cister / São Bernardo.

Sobre a Expo Feira do Município, resumidamente, a CDU defende que se mantenham “os aspetos positivos da atual Feira e que seja de coesão de todas as forças do concelho: freguesias, instituições, emigrantes, coletividades, geminadas, artesanato” e quanto às “potencialidades económicas e comerciais, devem poder ter espaços condignos ou então ter feiras específicas bem organizadas com os empresários e associações.”

Como a 30 de agosto se comemora a elevação a cidade, a CDU pretende “ponderar se temos condições para fazer uma Feira de 20 a 30 de agosto ou se mantemos o número de dias atuais. De qualquer modo a ligação do espaço feira-exposição ao Centro da Cidade é um princípio a atingir, envolvendo todos os comerciantes e promovendo a criatividade para termos na cidade todas as 13 (antigas 18) freguesias.”

Além disso, entende que “o Feriado Municipal deve ser momento de festa e convívio mas também de enaltecer instituições, trabalhadores do município, ideias e personalidades.”

Por outro lado, realça que “não podemos ignorar a história e a força do património de Cister. Pela sua expansão pelo mundo, em poucos anos, é um bom exemplo inspirador do que poderemos fazer com as nossas empresas, instituições e talentos. Também nos parece que a figura de São Bernardo deve ser respeitada, pelo que, com acordo com as paróquias, encontraremos a melhor forma de comemorar esse património, com colóquios, edição de livro e investigação histórica.”

A CDU recorda que o espaço ex-Mercoalcobaça está em construção do Pavilhão Multiusos e pretende preparar a rentabilização deste investimento. Assim, defende que os espaços da envolvente (Quinta da Conceição, beira rio, ex-Crisal…) também devem ser urbanizados de forma a permitir o desenvolvimento destas ideias.

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.