Edição: 250

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/9/20

Visual, auditivo e sinestésico

Profissões estão ligadas aos estilos de aprendizagem

Todas as pessoas aprendem, processam e retêm novas informações de forma diferente. As educações informais e formais ajudam a perceber a predisposição que cada indivíduo tem em resposta aos métodos de aprendizagem diferenciados. Esta consciência pode ajudar a aumentar a capacidade de adquirir novos conhecimentos e competências, mas também pode ajudá-lo a identificar as oportunidades certas quando procura o melhor emprego para si.

A Adecco Portugal identifica não só os estilos de aprendizagem mais comuns – visual, auditivo e sinestésico –, mas também as profissões que normalmente estão associadas. É candidato à procura de um novo emprego? Saiba quais as profissões que melhor se identificam com o seu perfil e como identificar se uma oferta de trabalho é adequada. E saiba que este não é um critério único de escolha de uma carreira profissional.

Para aprender, reter e aplicar eficazmente novas informações no trabalho, pode ser útil compreender qual dos três estilos de aprendizagem comuns se relaciona com cada pessoa.

A forma mais eficaz de aprender terá um impacto em muitos aspetos diferentes da vida de cada indivíduo, incluindo a sua carreira. Para crescer e prosperar na carreira escolhida, irá continuamente aprender novas informações, expandir as suas competências e adquirir mais conhecimentos.

Leve tempo a considerar como prefere assimilar novas informações. Pense na última vez que aprendeu algo novo – como trabalhou para garantir a retenção da informação? Que padrões, explicações ou desenhos tornaram os conceitos compreensíveis? As respostas a estas perguntas irão ajudá-lo a descobrir quais os estilos de aprendizagem que melhor funcionam para si.

Quando compreender com que estilo de aprendizagem se identifica, pode aplicar estes métodos no trabalho e informar aqueles que possam estar interessados no seu desenvolvimento, tais como o seu gestor e colegas de equipa.  Desta forma, pode trabalhar em conjunto para aumentar as suas competências de forma eficiente. Além disso, o seu gestor pode ajudá-lo a encontrar formas de incorporar o seu estilo de aprendizagem no seu papel.

Mas atenção: os estilos de aprendizagem aos quais cada pessoa sente uma resposta mais positiva não devem condicionar e muito menos ser o único critério que se utiliza para escolher uma carreira. O ideal será a capacidade de incorporar o seu estilo de aprendizagem em qualquer carreira que queira seguir.

Independentemente do trabalho que escolher, a compreensão dos estilos de aprendizagem ajudá-lo-á a identificar as melhores formas de adquirir novas competências, crescer como profissional, adaptar-se ao seu novo ambiente e ajudar os outros a aprender e crescer também.

Conheça as três abordagens principais de estilos de aprendizagem e as profissões que melhor se encaixam em cada uma:

  1. Visual

Os estudantes visuais (também chamados “aprendizes espaciais”) processam melhor a informação quando são apresentados com imagens desenhadas num quadro branco, quadros, gráficos, diagramas, mapas ou outros gráficos. Geralmente, processam imagens antes de lerem textos impressos e podem também visualizar conceitos rapidamente.

Os alunos visuais preferem que as instruções sejam impressas em vez de serem dadas verbalmente e podem muitas vezes rabiscar ou esboçar ao conceptualizar ou tentar dar sentido a um novo tópico. Muitos aprendizes visuais lembram-se de algo melhor depois de o terem escrito ou desenhado. Tendem também a organizar visualmente ou compartimentar a informação à medida que a aprendem para os ajudar a ligar conceitos e ideias.

As melhores profissões para alunos visuais:

São peritos em ver como os conceitos e as ideias se interligam, tendem a destacar-se nos papéis em que têm de usar as capacidades de navegação, tomar decisões orientadas por dados ou criar usando arte e design. São especialmente bons em posições em que precisam de juntar as coisas, quer física quer conceptualmente. As carreiras que pode considerar:

Controlador de tráfego aéreo, Animador, Arquiteto, Contabilista, Analista de dados, Condutor de viaturas, Editor, Engenheiro, Designer gráfico, Designer de interiores, Pintor, Fotógrafo, Piloto, Programador de software, Planificador estratégico, UX designer.

  1. Auditivo

Os alunos auditivos processam melhor a informação quando esta é falada em voz alta, tal como numa palestra ou numa apresentação oral: podem facilmente lembrar-se do que os outros dizem e preferem falar sobre temas que consideram complexos ou difíceis de compreender.

Preferem instruções verbais e podem utilizar a repetição, nomeadamente em voz alta, para as memorizar. Podem fazer várias perguntas para melhor compreender o tópico e podem precisar de ouvir algo repetido mais do que uma vez antes de compreenderem completamente.

Trabalham bem em grupo e apreciam as discussões de equipa. Os alunos auditivos também beneficiam frequentemente da audição de gravações como método de absorção de novos conceitos.

As melhores profissões para alunos auditivos:

Tendem a preferir trabalhos que requerem muitas discussões de grupo e papéis que exigem capacidades de escuta ativa ou tomada de decisões de conversação. Porque podem recordar a informação ao ouvi-la e não precisam de a ver, podem processar a informação e agir apenas com instruções verbais. As carreiras que pode considerar:

Administrativo, Advogado, Atendimento em call center, Médico, Conselheiro de orientação, Jornalista, Juiz, Treinador, Músico, Enfermeiro, Psiquiatra / Terapeuta, Recursos Humanos, Vendas, Engenheiro de som, Professor, Tradutora, Tutor, Organizador de eventos.

  1. Sinestésico

Os alunos sinestésicos (também chamados “alunos tácteis”) processam a informação através da experiência em vez de mostrar ou contar. Este tipo de estudante prefere fazer mais coisas “práticas”. Preferem tocar e sentir objetos e podem facilmente lembrar-se de coisas que fizeram, ao contrário do que ouviram ou leram.

Gostam de fazer e criar coisas usando as suas mãos, e lembram-se melhor da informação quando estão fisicamente envolvidos. Podem levantar-se, mover-se ou representar a informação para se lembrarem dela. Gostam de participar no processo, seguindo ou assistindo, e preferem praticar ou ensaiar conceitos como forma de absorver novas informações.

As melhores profissões para alunos sinestésicos:

Tendem a destacar-se em papéis que requerem ação e movimento constantes. Porque preferem a estimulação contínua, são adequados a percursos profissionais que requerem uma grande atividade física, especialmente trabalhos que lhes permitam trabalhar com as mãos. As carreiras que pode considerar:

Ator, Atleta, Barista, Carpinteiro, Cozinheiro, Médico Dentista, Eletricista, Agricultor, Jardineiro, Horticultor, Mecânico, Fisioterapeuta, Estilista, Veterinário.

     Fonte: ADECCO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.