Edição: 250

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/9/22

Paulo Rangel participou numa ação de campanha do PSD de Alcobaça

“Antes, Alcobaça era o Mosteiro e uma canção e hoje é uma autarquia modelo para o País”

Paulo Rangel

O deputado do Parlamento Europeu, Paulo Rangel, esteve no dia 1 de setembro, no Centro Cultural Gonçalves Sapinho, na Benedita, numa ação de campanha desenvolvida pelo Núcleo da Benedita do PSD, em apoio aos candidatos do PSD ao concelho de Alcobaça. O eurodeputado salientou que “o legado do PSD colocou Alcobaça no mapa” e que hoje o concelho é “uma autarquia modelo para o país inteiro”.

Perante uma sala cheia de apoiantes, Inês Silva, líder do Núcleo da Benedita do PSD e candidata a vereadora, lembrou que a Benedita se caracteriza por “uma terra de gente empreendedora, com um grande dinamismo na criação de mais e melhor emprego, mais e melhor educação e mais e melhor desenvolvimento social” e que “muito em breve será virada uma nova página na história da freguesia e das freguesias vizinhas, com a criação da área de localização empresarial”, já em curso, que permitirá a “deslocalização de muitas empresas e a criação de muitas outas que darão respostas várias à inovação tecnológica e à empregabilidade de jovens quadros”.

Inês Silva destacou obras feitas nos mandatos PSD, nos últimos 24 anos , e questionou “o que trouxeram os outros partidos à Benedita”, apontando que Hermínio Rodrigues “está disponível para contribuir para o desenvolvimento efetivo da Benedita e do concelho de Alcobaça. Conhece o território como ninguém e participou nas grandes opções para o desenvolvimento do concelho. Está ao lado dos empresários e tornou a economia num pilar estratégico do seu programa eleitoral”.

Inês Silva

Segundo a líder do PSD da Benedita, Hermínio Rodrigues “saberá continuar a obra do PSD em prol da felicidade das pessoas, da valorização do território”

Por sua vez, Maria de Lurdes Pedro, candidata e atual presidente de Junta da Benedita, abordou o trabalho feito pela sua equipa no anterior mandato, destacando-se a como a criação de mais acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida e apontando como novos projetos estruturais, a requalificação da Fonte da Senhora, saneamento, requalificação da Avenida Padre Inácio Antunes e Avenida da Igreja, a reorganização dos transportes públicas e a participação na gestão da zona industrial que “será um marco na revolução industrial desta zona”.

A candidata do PSD à Assembleia de freguesia da Benedita pretende “fazer da Benedita uma terra atrativa à fixação de famílias e à criação de postos de trabalho” e “contribuir para um concelho mais forte e mais desenvolvido”.

Hugo Oliveira

Já Hugo Oliveira, vice-presidente da distrital de Leiria do PSD, salientou que “Hermínio Rodrigues é um homem experiente, que está no terreno, que conhece todo o concelho, que sabe exatamente aquilo que as pessoas querem” e que “esta é uma candidatura para as pessoas e das pessoas”. Segundo Hugo Oliveira, “a Benedita, Alcobaça e o PSD do distrito de Leiria estão com Hermínio Rodrigues, porque sabemos que é o melhor para Alcobaça, mais do que sendo o melhor para o PSD, é o melhor para Alcobaça e o PSD do distrito de Leiria quer o melhor para Alcobaça”.

O vereador do município das Caldas da Rainha destacou “o quanto Alcobaça mudou nos últimos anos e o que o PSD tem feito por Alcobaça. Quem está dentro não percebe mas quem está fora vê e sente”, adiantando que “Alcobaça tem uma margem de progressão grande com todo este trabalho que foi feito. Muito tem sido feito e melhorado, com margem de progressão onde também tem que haver corresponsabilização do Governo central”.

O social democrata afirmou que continuará “a defender ao lado dos autarcas de Alcobaça a Linha do Oeste. É inadmissível que o projeto de requalificação da Linha do Oeste tenha sido até Caldas da Rainha e não para Norte de Caldas da Rainha. É inadmissível a importância que é para o distrito de Leiria e para Alcobaça e não se tenha projetado.

Hermínio Rodrigues

Hermínio Rodrigues agradeceu a confiança demonstrada pela comissão política concelhia e pela distrital na sua candidatura, prometendo que “irá dar continuidade ao legado do PSD no concelho de Alcobaça”. O candidato começou por abordar a importância da ALEB para o concelho garantiu que “a gestão da ALEB será feita em parceria com os empresários, o município e a junta de freguesia”.

Relembrando que o programa eleitoral da sua candidatura assenta em três eixos: felicidade, território e economia, Hermínio Rodrigues afirmou que este “é um programa eleitoral feito para todo o concelho. Não é um programa do Hermínio Rodrigues, é o programa de todos nós, feito por muitas pessoas e a pensar nas pessoas do nosso concelho”.

Segundo o candidato a Felicidade “é um eixo que se desenvolve a partir da Cultura, onde pretendemos o envolvimento dos agentes culturais locais, é a criação da Festa da Maçã de Alcobaça. Reforço de marcas como o Carnaval, Cistermúsica e a Mostra de Doces e Licores Conventuais”, mas a felicidade “é também a saúde e bem-estar, é o apoio social com a ajuda a um medicamento, à natalidade, às bolsas de estudo no ensino superior, que pretendemos aumentar” ou o “apoio aos nossos desportistas na formação e competição e promover o desporto espontâneo”.

Apoiantes presentes no Centro Cultural Gonçalves Sapinho

No eixo do Território, a criação de trilhos, ciclovias, o aumento da cobertura da rede de saneamento básico, a valorização do património, a valorização ambiental da serra e das praias e a requalificação das vias são algumas medidas, mas para Hermínio Rodrigues “o que mais importa é que tudo isto tenha uma finalidade: proporcionar a todos as mesmas oportunidades” porque “com isto estamos a criar coesão territorial. Não queremos saber se estamos no Sul, Norte, Este ou Oeste, nós queremos o desenvolvimento do concelho de Alcobaça”.

Em relação ao eixo da Economia, Hermínio Rodrigues salientou que a Benedita e o concelho de Alcobaça são de “de gente empreendedora, de excelentes industriais” e que o concelho tem “uma gastronomia de excelência e, por isso, é nossa pretensão a criação de um campus de investigação e experimentação agrícola, gastronómico e tecnológico. Estamos a falar de ensino superior para o concelho de Alcobaça”. Segundo o candidato, “com este desafio pretendemos uma educação de excelência, que vá do pré-escolar ao ensino superior. Nós queremos fixar os nossos jovens em Alcobaça”.

O candidato do PSD abordou também o Turismo, salientando que “a  atratividade turística do nosso concelho é uma das imagens de marca, com grande variedade de oferta com praias de qualidade, património histórico classificado, paisagens naturais. Da serra ao mar o concelho oferece um conjunto diversificado de experiências. Temos que ter orgulho do que é nosso. Alcobaça é rica em paisagens, Alcobaça é rica em património. Temos que valorizar o concelho de Alcobaça”

A finalizar Paulo Rangel lembrou os últimos 24 anos de governação PSD em Alcobaça e afirmou que “há uma coisa que é certa, o PSD com estes protagonistas – e será assim também com Hermínio Rodrigues – puseram Alcobaça no mapa. Antes, Alcobaça era o Mosteiro e uma canção e hoje é uma autarquia modelo para o País inteiro”.

O eurodeputado salientou que a ALEB é uma “oportunidade única” para Alcobaça e para a região. Segundo Paulo Rangel, “é preciso ter recursos, é preciso ter riqueza. Esta é a doutrina do PSD, criar riqueza para distribuir, por isso esta capacidade do concelho, que é uma capacidade industrial, que é uma capacidade económica, tem aqui uma oportunidade única para o ambiente, que lhes vai permitir a deslocalização industrial para esta área” e que nos locais onde estavam anteriormente as empresas seja feita “uma reabilitação ambiental com vantagens para todos”.

Paulo Rangel seguiu depois para Porto de Mós, onde participou numa iniciativa da candidatura de Jorge Vala à Câmara Municipal.

Mónica Alexandre

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.