Edição: 251

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/10/27

Benedita

Fórum Terra Mágica das Lendas apela à preservação do património da Quinta da Serra

Planta da Quinta da Serra

O Fórum Terra Mágica das Lendas, CRL (2006), da Benedita, promove desde 2014 atividades sobre o estudo do Património Local e lamenta, em comunicado de 1 de setembro,  a demolição da igreja matriz (séc.XIII) ocorrida em 1962, património relevante pela sua história única na comunidade. ‘Relevante e único’  é também o núcleo agrícola da Quinta da Serra, que o Lagar com placa ‘camera de Santarém anno 1730’, a sua chavanca, a eira, etc., testemunham e que corre o risco de ser demolido   como há tempos foi a sua capela barroca, para implementação da Zona Industrial da Benedita em curso.

“Três séculos de economia rural, de história social podem não ter interesse regional mas são  um valor relevante e único no nosso Património Cultural. Não podem ser eliminados da memória coletiva desta freguesia, fundada em 1532,  quase à beira das comemorações dos seus 500 anos, pois nada como essa antiguidade existe. O futuro não nos perdoará e isso vai acontecer se a comunidade não se empenhar nesta causa. Por isso, um grupo de pessoas, que partilham com a Terra Mágica as suas  investigações/preocupações  sobre o património desta Paisagem têm-se dedicado ao estudo desta quinta, outrora denominada ‘Quinta do Retiro’, situada à beira da Serra dos Candeeiros, fora do domínio de Cister e das suas já estudadas ‘granjas’. Só em 1836 passou a pertencer a Alcobaça”, sublinha.

O grupo de pessoas, que partilha com a Terra Mágica as suas  preocupações  sobre o património desta Paisagem pretende sensibilizar os meios de comunicação, os candidatos a autarcas e os deputados na Assembleia da República do distrito de Leiria para a necessidade de preservar este Património e ressalva que “este objetivo, de modo nenhum é incompatível com o desenvolvimento que a Zona Industrial virá a proporcionar à região, sobretudo se atendermos a que o edificado não ultrapassa 2.000 m2, numa área total de 53 hectares.”

Contudo, considera que não tem havido da parte da autarquia, Junta de Freguesia e Municipio, a devida atenção a cuidar da preservação do património, nomeadamente através da realização de reuniões com a população local, uma das recomendações do Estudo de Impacto Ambiental e aguarda disponibilidade do Munícipio para uma entrevista já mais de uma vez solicitada.

O Fórum Terra Mágica das Lendas anuncia que irá muito em breve lançar um folheto sobre a Quinta da Serra acerca deste tema, apelando  à importância da preservação do Património Cultural na construção da nossa identidade coletiva.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.