Edição: 251

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/10/27

Autarquia opta pela contratação local do serviço

Câmara da Batalha investe cerca de 450 mil euros no fornecimento das refeições escolares

Sala de aula da Batalha

O Município da Batalha aprovou dar continuidade aos protocolos de fornecimento de refeições escolares com as associações e IPSS locais, num montante de 450 mil euros. Em causa estão as refeições servidas a partir do mês de setembro de 2021 para os alunos das escolas do pré-escolar e primeiro ciclo do Concelho. A Escola Básica e Secundária da Batalha, por sua vez, será o único estabelecimento de ensino a manter o fornecimento das suas refeições escolares no decurso do próximo ano letivo.

Este assunto foi aprovado na recente reunião do executivo, altura em que estiveram em cima da mesa questões como a possibilidade de o município garantir a confeção das refeições e ainda a qualidade das mesmas. Neste particular, o presidente da Câmara, Paulo Batista Santos, defendeu que “pese embora o custo de refeição para os alunos junto das instituições locais, seja quase o dobro do preço praticado pelas empresas de catering, a qualidade das refeições é superior e estamos a apoiar a economia local”.

Na mesma ocasião foi aprovado o plano apresentado pelo Agrupamento de Escolas para o desenvolvimento das Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) do ano letivo 2021/2022, bem assim a respetiva candidatura efetuada pelo Município da Batalha à Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (Direção de Serviços da Região Centro) para pedido de apoio financeiro para as AEC.

No âmbito da descentralização de competências da Educação e pelo acordo de Subdelegação de Competências Educativas no Agrupamento de Escolas da Batalha, a Câmara Municipal decidiu também transferir para a Escola os valores referentes aos meses de julho e agosto de 2021 no montante total de 37.830,50 euros.

Os transportes escolares no município da Batalha no ano letivo 2021/2022 irão continuar a ser gratuitos para todos os alunos e a rede de oferta será alargada, para continuar a assegurar a adequada segurança nas viaturas e dar resposta às decisões da escola em adotar o regime de semestralidade em várias disciplinas do 2º e do 3º ciclo.  Os projetos extracurriculares nas áreas da música, teatro, saúde e desporto, bem os projetos de promoção do sucesso educativo, também serão continuados em benefício da qualidade das aprendizagens e de acordo com as opções pedagógicas do Agrupamento de Escolas.

    Fonte: MB

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.