Edição: 251

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/10/27

Com dois projetos distinguido nos concursos Poliempreende e Co-criação de Inovação

Politécnico de Leiria premiado na Semana Nacional do Empreendedorismo e da Inovação

Rui Pedrosa, Pedro Carvalho, Sílvia Teixeira e Ana Sargento

O projeto “Forma Cerâmica”, da autoria dos estudantes Pedro Carvalho e Sílvia Teixeira, da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR) do Politécnico de Leiria, conquistou o segundo lugar no Concurso Nacional Poliempreende, cuja fase final decorreu entre os dias 13 e 16 de setembro, no Politécnico de Santarém. Os dois estudantes da ESAD.CR conquistaram um prémio no valor de cinco mil euros, que poderá ser investido no desenvolvimento do seu projeto inovador.

A ideia de negócio desenvolvida por Pedro Carvalho e Sílvia Teixeira consiste em oferecer à indústria cerâmica vários serviços dentro do mesmo espaço, integrando todo o processo de modelação cerâmica e utilizando novas ferramentas como a prototipagem. Perante a falta de profissionais qualificados para esta indústria, na qual o país se posiciona como um dos maiores produtores a nível mundial, a dupla aposta na concentração de serviços num só lugar, contornando atuais constrangimentos afetos a questões logísticas e custos acrescidos ao longo do processo de produção. Este projeto está a ser concebido em parceria com um engenheiro aeroespacial com vista ao desenvolvimento da primeira máquina de fabricação aditiva de cerâmica para fins industriais.

Autores do projeto “Creating SM@RT Walls”

O Politécnico de Leiria foi ainda distinguido com o segundo prémio no Concurso de Casos de Co-Criação de Inovação, através do projeto “Creating SM@RT Walls”. Neste contexto, a PCTS Intelligent Spaces, empresa sediada na região de Leiria especializada no desenvolvimento de paredes que se podem mover e adaptar às necessidades dos seus utilizadores, lançou o desafio de agregar valor às paredes móveis que já produz, como a capacidade de comunicar através delas com o mundo e de lhes integrar recursos novos e inovadores.

A equipa de cocriação, que recebeu um prémio no valor de três mil euros, foi constituída por cinco estudantes do Politécnico de Leiria, numa equipa multidisciplinar: Ana Carvalho, Anmol Gupta, Sarahi Bedon, Saúl Carvalho e Tatiana Ferro. Marcelo Gaspar, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria, foi o facilitador responsável por apoiar o desenvolvimento do caso de cocriação de inovação.

Na Semana Nacional do Empreendedorismo e da Inovação foram ainda atribuídos os prémios da 17.ª edição – 2021 do Concurso Nacional do Polieempreende, onde o Politécnico de Leiria participou com o projeto “Avatarify”, enquanto vencedor do concurso regional do Poliempreende, realizado em julho, no auditório dos Serviços Centrais do Politécnico de Leiria.

Equipa do projeto “Avatarify”

O projeto, que não alcançou o pódio, pretende desenvolver uma plataforma virtual 3D – ‘fitting room’ – que, entre outras funcionalidades, permite ao utilizador visualizar a forma como assenta a roupa de uma determinada marca, sendo da autoria de Júlia Tao, diplomada da licenciatura em Relações Comerciais China-Países Lusófonos numa parceria entre o Politécnico de Macau e o Politécnico de Leiria, e de Catarina Reis e Sílvia Ferrão, docentes do Politécnico de Leiria.

Ambos os concursos estão enquadrados no projeto Link Me Up – 1000 ideias, cofinanciado pelo Compete 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Social Europeu. O projeto é dinamizado por 13 politécnicos das regiões Norte, Centro e Alentejo, que visa fomentar a inovação e o empreendedorismo, através do desenvolvimento de processos de cocriação com parceiros externos e de ideias e de projetos empreendedores, assentes no conhecimento, inovação e criatividade, tendo por obetivo último a promoção de uma cultura de inovação e de aproximação entre o Ensino Superior Politécnico e o tecido empresarial.

Em 2021, o concurso Polieemprende e o Concurso de Casos de Co-Criação de Inovação “Link Me Up” contaram com um total de 33 equipas, envolvendo centenas de participantes, compostas por estudantes, professores, empreendedores, empresas e instituições.

A organização da Semana Nacional do Empreendedorismo e da Inovação e das Finais Nacionais do Poliempreende e dos Casos de Co-criação coube este ano ao Politécnico de Santarém, e contou com o cofinanciamento do Programa Compete 2020 e o apoio dos municípios de Santarém e de Rio Maior, do Banco Santander, da Delta Cafés, da Ordem dos Contabilistas Certificados, do CNIRM, da Garval, da Campgest e da Nersant.

      Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.