Edição: 251

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/10/27

Obra póstuma homenageia académico Carlos Rodrigues Jaca

Município lança obra 'Marquês de Pombal- Ascensão e Queda' esta sexta-feira

Marquês de Pombal

Associando-se às comemorações do reconhecimento régio do Conde de Oeiras, Sebastião José de Carvalho e Melo como Marquês de Pombal, no ano de 1770, e evocando Carlos Rodrigues Jaca, um académico que dedicou parte significativa da vida ao ensino, divulgação e preservação da memória histórica de Portugal, o Município de Pombal lança a obra “Marquês de Pombal – Ascensão e Queda”, esta sexta-feira, 1 de outubro, às 18h, no Museu Marquês de Pombal.

A apresentação da obra estará a cargo de Nelson Pedrosa e Manuel Duarte Domingues, enquanto Fernanda Jaca fará uma breve abordagem ao autor da obra, Carlos Rodrigues Jaca. O presidente da Câmara Municipal de Pombal, Diogo Mateus, encerrará a sessão.

Haverá um momento de música erudita da época barroca, com Porto de Honra, numa evocação ao impulso dado pelo Marquês de Pombal à criação da Região Demarcada dos Vinhos do Alto Douro.

“Tratando-se de uma edição póstuma da obra, também nos permite recordar e agradecer os contributos que [Carlos Jaca] nos legou e, de modo muito particular os seus estudos e trabalhos escritos, por vezes publicamente apresentados a plateias escolares e académicas, a congressos e, feliz e reconhecidamente publicadas em revistas de especialidade”, refere o presidente da Câmara Municipal na sua Nota de Abertura. Para Diogo Alves Mateus, “Pombal devia-lhe este tributo e, no ano em que assinalamos 250 anos da concessão do título de Marquês de Pombal o momento manifesta-se jubilosamente adequado”.

A edição da obra por parte do Município surge a pedido, determinação e entusiasmo de Manuel Duarte Domingues, aluno de Carlos Jaca no ano letivo de 1963/64, na então Escola Industrial e Comercial de Pombal, e que resultou numa relação de especial amizade entre ambos. Ao publicar a obra, o Município pretende contribuir para a história de Pombal e simultaneamente reconhecer num gesto de agradecimento e de futura memória a personalidade e a passagem de Carlos Jaca pela comunidade Pombalense.

Natural de Coimbra, Carlos Rodrigues Jaca era licenciado em Ciências Históricas pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Lecionou em Pombal, Leiria e em Braga, onde acabaria por se aposentar, em 2002. Faleceu a 14 de março de 2013.

    Fonte: GC|CMP

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.