Edição: 251

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/10/27

Leiria

Aluno da Escola Básica de Azoia vence “Crianças ao Palco”

Cartaz

Pedro de Oliveira, aluno da Escola Básica de Azoia, foi o vencedor da edição deste ano do projeto “Crianças ao Palco” com a interpretação da música “Por um triz”, de Carolina Deslandes, numa final que decorreu este domingo, dia 10 de outubro, no Teatro José Lúcio da Silva.

O segundo lugar foi para Matilde Amorim, estudante da Escola Básica de Courelas, tendo Tiago Paiva, também do estabelecimento de ensino de Azoia, alcançado a terceira posição.

Ao vencedor foi atribuído um prémio composto por uma coluna de som portátil com microfone, um ano letivo de aulas na escola Rockschool, um vale de compras e um troféu, tudo no valor total de 1.055 euros.

Participaram na final 13 crianças das escolas básicas Amarela, Arrabalde, Azoia, Barosa, Barreira, Courelas, Dr. Correia Mateus, Guimarota, Monte Redondo e Touria, após a realização de audições em todas as turmas dos 3.º e 4.º anos do primeiro ciclo do ensino básico da rede pública.

Todas as músicas cantadas pelos pequenos artistas foram em português, num evento apresentado por Diamantina Rodrigues e que teve no júri Flávio Ulisses, maestro do coro Stoffel – Coro Juvenil do Ateneu de Leiria, Clara Leão, da Escola de Dança Clara Leão, Paulo Lameiro, Coordenador da Rede Cultura 2027, e Helena Brites, musicoterapeuta da SAMP – Sociedade Artística Musical dos Pousos.

Para além das atuações, o espetáculo contou ainda com a participação especial do ilusionista Lanydrack, tendo tido também o apoio dos formandos dos cursos de Esteticista e Cabeleireiro do Instituto do Emprego e Formação Profissional da Marinha Grande e da Caixa dos Sorrisos.

O “Crianças ao Palco” tem como objetivo proporcionar às crianças a oportunidade de trabalhar com músicos profissionais e desenvolver e melhorar as suas competências artísticas e sociais.

    Fonte: GRPG|CML

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.