Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/26

Secretário de Estado traça a meta de 60% de jovens no ensino superior

João Sobrinho Teixeira vê abertura do Núcleo de Formação de Pombal como exemplo para o País

João Sobrinho Teixeira

«É uma grande satisfação testemunhar o trabalho extraordinário que o Politécnico de Leiria está a fazer. Sem dúvida que é uma das joias da coroa do Ensino Superior em Portugal, e a abertura do Núcleo de Formação de Pombal é um exemplo do que deve ser feito por todo o país para termos cada vez mais jovens no ensino superior e atingirmos a nossa meta de, antes do final da década, termos 60% dos nossos jovens a frequentar este nível de ensino», afirmou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, durante a  cerimónia de abertura do Núcleo de Formação de Pombal, que decorreu na sexta-feira, dia 15 de outubro, no Auditório Municipal de Pombal.

«Atualmente temos mais de 50% de jovens com 20 anos no Ensino Superior. Queremos continuar este crescimento. E este trabalho que aqui está a ser feito, com a abertura de um novo núcleo de formação do Politécnico de Leiria, é determinante para atingirmos os nossos objetivos», salientou o secretário de Estado, realçando que «nunca como hoje tivemos tantas instituições de ensino superior em rankings de excelência». «Aqui o Politécnico de Leiria é um verdadeiro exemplo, já que lidera uma universidade europeia e mantém este trabalho de proximidade com os municípios», defendeu João Sobrinho Teixeira.

Diogo Mateus

Perante uma plateia composta por docentes, técnicos, estudantes e familiares, João Sobrinho Teixeira apelou aos jovens que «nunca desistam de estudar». «Continuarmos a estudar e a aprender é determinante para o nosso futuro em termos profissionais, mas também para a nossa autoestima e conforto. Uma pessoa qualificada é alguém que pode enfrentar o futuro de forma diferente, tanto em Portugal, como no resto do Mundo», concluiu.

A abertura do Núcleo de Formação de Pombal ficou marcada pela receção aos novos estudantes, que tiveram a oportunidade de conhecer as instalações provisórias, situadas na Zona Industrial da Formiga.

«Estes estudantes estão a fazer história no Politécnico de Leiria e em Pombal. São os primeiros estudantes de Ensino Superior neste concelho. Vão ser, a partir de hoje, embaixadores do que vai acontecer no futuro e da transformação que vai acontecer. O nosso desejo é que tenham um excelente ano académico», afirmou o presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa.

Rui Pedrosa

Neste primeiro ano o Núcleo de Formação de Pombal vai ter a oferta de seis Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP), de três Escolas Superiores do Politécnico de Leiria: Comunicação Digital e Intervenção Social e Comunitária, da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS); Inovação e Tecnologia Alimentar e Marketing Digital no Turismo, da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM); Secretariado Clínico e Gerontologia, da Escola Superior de Saúde (ESSLei).

O objetivo do Politécnico de Leiria é, ainda este ano, poder contar com pós-graduações e cursos avançados, dirigidos particularmente à requalificação de profissionais e à qualificação de profissionais ao longo das suas carreiras. «No Politécnico de Leiria praticamos e defendemos um ensino de proximidade. Não só queremos ter mais jovens no Ensino Superior, mas também ter uma oferta para os profissionais que estão no ativo e que pretendem ter formação ao longo da vida», referiu Rui Pedrosa.

Este é o segundo núcleo de formação do Politécnico de Leiria, que conta também com um pólo em Torres Vedras, inaugurado há cinco anos. «Estamos a entrar no quinto ano em Torres Vedras e recordo-me que este núcleo de formação começou com apenas três TeSP. Este ano já tem 300 estudantes. É um caminho difícil e lento, mas que tem de ser resiliente. E é isso que vai acontecer em Pombal», assegurou o presidente do Politécnico de Leiria, defendendo que «está a ser feita história».

Convidados presentes na cerimónia de inauguração do Núcleo de Formação de Pombal

«Estamos aqui a afirmar o Politécnico de Leiria e a afirmar um ensino superior público de qualidade. Apenas com investimento no conhecimento e num ensino superior que garante a empregabilidade qualificada é que as regiões e os territórios conseguem pensar num futuro maior», concluiu.

As instalações do núcleo de formação são da responsabilidade da Câmara Municipal de Pombal, estando provisoriamente na Zona Industrial da Formiga, em estruturas modulares e com todas as condições para o seu funcionamento. O objetivo é que, até 2023, sejam construídas novas instalações no centro de Pombal.

«Estamos a cumprir um desígnio municipal de várias décadas, e que começou a ser delineado em 2014. Cumpre-se hoje um dia de justiça pelo cumprimento de um grande objetivo, que era muito desejado. Neste desejo estará também o empenho de todos para acolhermos os novos estudantes da melhor forma possível», afirmou o presidente cessante da Câmara Municipal de Pombal, Diogo Mateus.

«Este é um trabalho que se semeia e que se faz com insistência e confiança. Às famílias dos estudantes e aos estudantes quero dedicar uma palavra de conforto. Garanto-vos que vão ser muito bem recebidos pelo Politécnico de Leiria e pelo Município de Pombal, mas também pelas empresas e pelos agentes culturais e associativos do nosso concelho», garantiu Diogo Mateus.

    Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.