Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

Sendo já utilizado por mais de 1.200 passageiros/mês

Projeto português de transporte on-demand do Médio Tejo é finalista aos Prémios Regiostars 2021 da Comissão Europeia

Transporte a Pedido

O projeto Transporte a Pedido, um dos  25 finalistas aos Prémios Regiostars 2021 da Comissão Europeia- DG Regio, criado pelo CIM da Medio Tejo em 2013 no Concelho de Mação, como uma resposta à necessidade de criar mais soluções de transportes nas zonas de baixa densidade populacional do interior cuja rede de transportes públicos regular é escassa, e para garantir de forma complementar a mobilidade e o acesso das populações aos serviços essenciais, serve atualmente mais de 214.000 habitantes daquela região.

Com um investimento global de cerca de 600m€, apoiado por fundos comunitários, o Transporte a Pedido já cobre mais de 70 circuitos em 13 concelhos (Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha), é utilizada por mais de 1200 passageiros/mês e que conta com mais de 1.300 paragens, já provou a sua sustentabilidade económica e ambiental. Graças ao sucesso alcançado, este projeto já foi replicado nas regiões de Coimbra e do Alentejo.

Esta é uma plataforma pioneira e inovadora, que revoluciona o conceito de transporte público nas zonas interiores do país e de baixa densidade tem custos muito reduzidos – 6 a 7 mil euros mensais para a globalidade dos circuitos concelhios da região e da ordem dos 8.000€/mês para os circuitos entre concelhos, que representam um encargo bastante comportável para o erário público quando comparado com os custos normalmente associados aos transportes urbanos das cidades ou aos transportes escolares.

Adicionalmente, contribui para a rentabilidade económica da atividade de pequenos operadores de transporte locais (estão envolvidos no projeto mais de 30 operadores de táxi locais) e também possibilita a existência de um serviço de transporte público com tarifas acessíveis à população, que para viagens dentro do concelho são de 1€ ou 2€ e para viagens entre concelhos chega no máximo aos 4€.

Este projeto português foi selecionado entre os 214 projetos concorrentes à edição de 2021 oriundos dos mais diversos países europeus. Os cidadãos europeus podem agora participar nas votações para o prémio Public Choice Award, que estarão a decorrer online até 15 de novembro. Os prémios REGIOSTARS são um concurso anual organizado pela DG REGIO desde 2008 e tornaram-se no rótulo de excelência da Europa para projetos financiados pela UE que demonstram abordagens inovadoras e inclusivas em matéria de desenvolvimento regional.

     Fonte: Valkirias

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.