Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/19

Exposições, música e dança

Casa Varela apresenta em Pombal a agenda cultural para novembro de 2021

A Casa Varela, em Pombal, apresentou a sua agenda cultural para novembro de 2021. Da programação consta a exposição de Carlos Calika, intitulada “Metamorfoses”, o concerto de Salomé, que apresenta o seu álbum “Terra Molhada”, o concerto com os “Fio-Manta”, a exposição de João do Vale e João Costa Gonçalves de pintura e ambientes sonoros intitulada “Vistas para Quases”, o concerto de João Costa Gonçalves “Tiago Sarafado, Arrumador de Heterónimos” e a dança/performance “é.ter |è| ter”, de Andreia Serrada e Bárbara Cordeiro.

     Programa

METAMORFOSES

Exposição de Carlos Calika

ATÉ 07.11.2021

Horários:

Quarta a sexta das 16h00 às 20h30

Sábado e domingo das 10h00 às 13h00

+ Infos: Telf. 236 210 557 | e-mail:casa.varela@cm-pombal.pt | https://cultura.cm-pombal.pt

METAMORFOSES é um projeto intermedia do realizador pombalense Carlos Calika, que através de arquivos de fotografia, vídeo e áudio, pretende transportar o espectador numa viagem por Pombal através do tempo e do espaço, recorrendo a memórias de infância e histórias dos seus antepassados, mostrando como a cidade se transformou e alterou ao longo das últimas décadas até aos dias de hoje. Exposição Integrada no programa MADE IN POMBAL.

Casa Varela | Música

SALOMÉ

05.11.2021 | 21h30

ENTRADA GRATUITA

(mediante reserva de lugar)

Informações e Bilheteira: Telf. 236 210 557 | https://cultura.cm-pombal.pt

m/6 anos

“Terra Molhada” nasce da vontade de criar em conjunto, revelando-se um EP intimo e familiar. Depois da primeira apresentação da música “Lava-me o rosto” na abertura da Casa Varela, em abril de 2021 ter sido tão bem recebida por quem por ali passou, Pedro e Helena Freitas propõe-nos que voltemos a partilhar mais momentos como esse. Após a gravação das live sessions na Casa em agosto, este é o momento para se apresentam em concerto na sala do piso -1, bem junto ao rio.

Casa Varela | Música

Fio-Manta

06.11.2021 | 18h30

ENTRADA GRATUITA

(mediante reserva de lugar)

Informações e Bilheteira: Telf. 236 210 557 | https://cultura.cm-pombal.pt

m/6 anos

“Musicar o encontro da memória com o desconhecido – ideia surgida em diálogo, e que tem  sido de algum modo o mote de um trabalho que temos vindo a desenvolver, cientes que a memória é algo que se cultiva, que o desconhecido está muitas vezes no que julgamos mais próximo e que ambos são os ingredientes do tipo de viagem que inventa algo que se quer contar.”

Assim se apresentam os “Fio-Manta”, agora em concerto ao fim de tarde na Casa Varela. Leonel Mendes e Pedro Grácio apresentam-nos os seus temas originais, fruto de um trabalho em música contemporânea se encontra com as raízes tradicionais de instrumentos em busca de uma nova vida. Integrado no programa MADE IN POMBAL.

Casa Varela | Pintura + Ambiente Sonoro

VISTAS PARA QUASES

Exposição de João do Vale e João Costa Gonçalves

ABERTURA A 11.11.21 às 18h00 Até 19.12.21

Horários:

Quarta a sexta das 16h00 às 20h30

Sábado e domingo das 10h00 às 13h00

+ Infos: Telf. 236 210 557 | e-mail:casa.varela@cm-pombal.pt | https://cultura.cm-pombal.pt

A arte de João do Vale é desafiante. Este pintor que divide o tempo entre as Belas Artes em Guimarães e o Louriçal, lança-nos para territórios ainda inexplorados na Casa Varela. “Vistas para Quases” é uma exposição que resulta de uma residência artística a quatro mãos, onde o músico João Costa Gonçalves o acompanhou nas ideias comuns de experimentação e na busca de reportórios que se adequam entre si: a ideia de deriva, de viagem e/ou de escapismo, de recolha, de encontro e reunião de ambientes.

Casa Varela | Música

“Tiago Sarafado, Arrumador de Heterónimos” – Concerto João Costa Gonçalves

13.11.2021 | 21h30

ENTRADA GRATUITA

(mediante reserva de lugar)

Informações e Bilheteira: Telf. 236 210 557 | https://cultura.cm-pombal.pt

m/6 anos

Depois de residência artística em paralelo à de João do Vale, João Costa Gonçalves apresenta-nos o seu concerto comentado, baseado no diálogo construído com o artista visual a propósito da cidade. O carácter experimental e de investigação do seu trabalho sonoro, com as suas características de gravação, samples, mistura, colagem e orquestração permitem-nos encontrar não apenas uma adequação ao trabalho pictórico de Vale, mas também uma estrutura sui generis e muito original em matéria sonora.

Casa Varela | Dança/Performance

é.ter |è| ter

Andreia Serrada e Bárbara Cordeiro

28.11.2021 | 18h00

Informações e Bilheteira: Telf. 236 210 557 | https://cultura.cm-pombal.pt

m/6 anos

Depois de residência artística e estreia na Casa Varela, as bailarinas Bárbara Cordeiro e Andreia Serrada voltam a apresentar é.ter |è|ter, uma investigação que parte do êxtase percecionado nas experiências de quase morte, celebrando-a. Dissecando os breves momentos em que o corpo se encontra com ele mesmo, desprendem-se corpos extáticos e momentos de flashes retroativos de memórias emergem, sem ordem cronológica. (…) Este êxtase atravessa o corpo que experiencia o extracorpóreo. Como configurar um êxtase em estado permanente e contínuo até chegar à poética da anulação?”

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.