Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

Golegã

GNR monta operação de segurança na Feira Nacional do Cavalo

Feira Nacional do Cavalo

A Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Comando Territorial de Santarém, irá realizar uma operação de segurança na Golegã e zona envolvente, entre os dias 5 e 15 de novembro, de modo a garantir a segurança e a tranquilidade pública de todos os visitantes, entidades e habitantes locais, bem como o controlo e fluidez rodoviária.

Considerando a realização da XLV Feira Nacional do Cavalo que coincide com a XXII Feira Internacional do Cavalo Lusitano e com a Feira de São Martinho, e tratando-se de um evento de grande impacto a nível nacional e internacional que reúne inúmeros visitantes, a GNR irá desenvolver uma operação para garantir a segurança das pessoas, com a colaboração de diversas entidades.

Esta operação conta com diversas especialidades da Guarda, nomeadamente meios do dispositivo territorial, de trânsito, da estrutura de investigação criminal, de patrulhamento ciclo e a cavalo, de ordem pública, proteção e socorro e de patrulhas do programa do Tourist Support Patrol.

GNR vai estar a postos na Golegã

Para que o evento decorra em segurança, a Guarda Nacional Republicana recomenda:

  • Seja responsável ao conduzir;
  • Siga as instruções e as indicações dos militares da GNR;
  • Identifique o local onde estaciona a sua viatura;
  • Ao parquear a sua viatura, se detetar algum comportamento suspeito, entre em contato com a GNR;
  • Circule preferencialmente por ruas iluminadas e movimentadas;
  • Caso esteja a cavalo deve adotar um comportamento seguro para si, para os restantes utentes e para o animal;
  • Não maltrate os diversos animais presentes;
  • Não transporte quantias elevadas de dinheiro;
  • Não deixe bens no interior do veículo à vista;
  • Nunca perca de vista quem o acompanha, principalmente os idosos e as crianças;
  • Se veio em grupo fique com a identificação e o n.º de telemóvel do responsável;
  • Deixe limpo o local por onde transita ou descansa;
  • Em caso de desorientação ou necessitar de auxílio contacte os militares da GNR;

Apela-se ao cumprimento das regras e das orientações da Direção Geral de Saúde (DGS) em vigor, por forma a garantir a segurança de todos.

Esta operação conta com o reforço da Unidade de Intervenção (UI), da Unidade de Segurança e Honras de Estado (USHE) e da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS).

   Fonte: CTS|GNR

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.