Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

Com direção artística de César Cardoso

Festival de Jazz da Marinha Grande apresenta estrelas do jazz nacional até 13 de novembro

Ricardo Pinheiro e Miguel Amado Lab abriu o Festival

O Festival Jazz da Marinha Grande teve início esta sexta-feira, 5 de novembro, na Casa da Cultura Teatro Stephens, com a realização do primeiro concerto, que apresentou Ricardo Pinheiro e Miguel Amado.

O presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Aurélio Ferreira, marcou presença no evento assinalando o enorme contentamento pela organização deste Festival, que apresenta um cartaz de grande qualidade artística. Salientou a importância de apostar neste género musical, que atrai e fideliza públicos e permite diversificar a oferta cultural do concelho.

A direção artística do Festival volta a estar confiada ao talentoso músico e compositor de jazz, César Cardoso. No arranque desta 7ª edição, César Cardoso acentuou a grande diversidade de grupos, juntando alguns dos melhores músicos do panorama jazzístico Português.

O primeiro concerto do Festival Jazz da Marinha Grande foi reservado a Ricardo Pinheiro e Miguel Amado, dois músicos com um percurso de quase duas décadas na primeira linha do jazz nacional, com dezenas de discos gravados e participações em festivais de referência.

Apresentaram-se em palco como quarteto, demonstrando a grande energia e interação entre Ricardo Pinheiro (guitarra), Miguel Amado (baixo), Tomás Marques (saxofone) e Diogo Alexandre (bateria).

No sábado, 6 de novembro, pelas 21h30, atua o Trio Paulo Bandeira, com a bateria de Paulo Bandeira, o piano de João Paulo Esteves da Silva e o contrabaixo Bernardo Moreira.

No fim de semana seguinte, o cartaz integra o projeto “Mano a Mano”, no dia 12 de novembro, pelas 21h30, para a atuação dos irmãos guitarristas André e Bruno Santos, com um repertório composto quase na totalidade por composições originais.

O Festival encerra no dia 13 de novembro, pelas 21h30, com o concerto de Ricardo Formoso Quintet, para apresentar “Implosão”, o segundo projeto de música original liderado pelo trompetista e compositor Ricardo Formoso. O grupo é formado por Ricardo Formoso (fliscorne / composições), José Pedro Coelho (saxofone tenor), Albert Bover (piano), Demian Cabaud (contrabaixo) e Marcos Cavaleiro (bateria).

O preço dos bilhetes para cada concerto é de 5 euros, podendo ser adquiridos na bilheteira do Teatro Stephens, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

    Fonte: GCRP|CMMG

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.