Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

10 de novembro, no Auditório Páteo do Valverde

Município de Azambuja apresenta estudo com vista à recolha de biorresíduos no concelho

Cartaz

O Município de Azambuja vai realizar uma sessão de apresentação do estudo para o desenvolvimento do sistema de recolha de biorresíduos a implementar no Concelho de Azambuja. A sessão será aberta ao público e terá lugar no dia 10 de novembro, pelas 19h00, no Auditório Municipal Páteo do Valverde, em Azambuja. No acesso ao auditório, será obrigatório o uso de máscara.

Pretende-se encontrar respostas para a pergunta “o que fazer com os biorresíduos?”, o que exige que eles sejam encarados e geridos como matéria-prima, numa perspetiva de economia circular, com um custo e um valor associado, o que vai permitir a obtenção de produtos com valor de mercado, nomeadamente o biogás, a energia elétrica e o composto.

Assim, uma boa gestão dos biorresíduos requer uma visão e uma perspetiva global, em todas as suas dimensões e cadeia de valor, que inclua aspetos como a separação na fonte, a valorização na origem, a recolha seletiva, o transporte, o tratamento e a valorização no sistema em alta dos produtos com valor de mercado que se obtêm, mas também dos efluentes líquidos (poluentes) daí resultantes.

Por tudo isto, o estudo que irá ser apresentado reveste-se de uma grande importância para a definição das políticas de gestão de resíduos a curto prazo, pois avalia o potencial de produção de biorresíduos no Concelho de Azambuja, procurando traçar e avaliar, comparativamente, cenários de implementação da recolha seletiva e de reciclagem na origem.

  Fonte: GC|CMA

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.