Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

Iniciativa junta crianças, familiares e membros da Equipa da Diabetes Pediátrica

Centro Hospitalar de Leiria assinala Dia Mundial da Diabetes com encontro e partilha de experiências sobre a doença

A Equipa da Diabetes Pediátrica do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) vai realizar um encontro que irá reunir os seus profissionais com crianças e jovens com diabetes, juntamente com as suas famílias, como forma de assinalar o Dia Mundial da Diabetes, na data de 14 de novembro. A iniciativa decorre durante a manhã desse dia, próximo domingo, na vila de Porto de Mós, e prevê reunir cerca de 30 participantes, entre utentes e profissionais.

O Parque Verde de Porto de Mós será o local para encontro dos participantes, às 10h00, seguindo-se a realização de um percurso pedestre pela vila. Às 12h00 está marcada uma visita guiada ao Castelo de Porto de Mós, e o encontro culmina com um almoço convívio, previsto para as 13h00.

Ester Gama, pediatra do CHL, explica que «esta iniciativa pretende promover a partilha de experiências sobre a doença, juntando crianças e jovens com diabetes e as suas famílias, mas também proporcionar a convivência dos doentes com a nossa equipa de profissionais num ambiente mais descontraído, que acaba também por ser mais propício para verificarmos, na prática, as dificuldades que estes doentes enfrentam no seu dia a dia». A pediatra refere ainda que a iniciativa tem também como objetivo alertar para as particularidades da Diabetes Mellitus Tipo 1 (DM1), sendo esta a Diabetes mais frequente em idade pediátrica.

A DM1 decorre da falta de produção de insulina pelo pâncreas, não pode ser prevenida e o seu tratamento implica administração de insulina. O controlo desta doença assenta no equilíbrio entre múltiplas doses diárias de insulina, contagem de hidratos de carbono das refeições e atividade física. Este equilíbrio obriga a uma educação permanente tanto dos utentes/famílias, bem como da comunidade escolar e da comunidade em geral.

«A DM1 impõe desafios únicos e permanentes no dia a dia destas crianças e das suas famílias, e estes convívios são uma oportunidade para que não se sintam únicos nas suas dificuldades e possam partilhar experiências e estratégias de superação. Esta é a principal expectativa dos profissionais da Equipa da Diabetes Pediátrica do CHL com a promoção destes encontros», refere Ester Gama.

  Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.