Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

Pedro Ferreira recorda investimento municipal significativo

Presidente da Câmara de Torres Novas assegura que crise nos bombeiros não põe em causa o socorro à população

Pedro Ferreira

Face às notícias que vieram a público recentemente sobre a atual situação de crise vivida pela Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Torrejanos, Pedro Ferreira esclarece, enquanto presidente da Câmara Municipal de Torres Novas e responsável máximo da Proteção Civil no concelho, e face à importância de que o assunto se reveste, que o socorro à população não está, nem nunca esteve, em causa, uma vez que o mesmo é garantido pelo Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), um instrumento global e centralizado de coordenação e comando de operações de socorro.

Este sistema permite que, em caso de indisponibilidade temporária ou permanente dos bombeiros locais, o socorro à população seja prestado por corporações vizinhas, como já acontece atualmente em casos esporádicos, nomeadamente quando sucedem ocorrências em simultâneo num determinado território. Esta informação foi-me prestada pelo Comandante Distrital de Operações e Socorro de Santarém e pelo Coordenador Municipal de Proteção Civil.

O Município de Torres Novas tem apoiado, de forma muito expressiva, a AHBVT, em especial nos últimos anos, tendo aumentado em 25% o apoio mensal, atualmente no valor de 10 mil euros. Destaque ainda para apoios pontuais, nomeadamente para alimentação, equipamentos, dispositivo DECIR, combate à Covid-19, comparticipação de obras, entre outros, tendo totalizado um montante de 415 mil euros no ano de 2020 e, já  em 2021, foram aprovados mais 375 mil euros em apoios.

Em suma, “quero transmitir uma mensagem de calma e tranquilidade à população, garantindo que estão reunidas as condições de segurança e de auxílio através de mecanismos centralizados, bem como assegurar que o Município permanece totalmente empenhado em, conjuntamente com a AHBVT, encontrar soluções para os problemas constatados, dentro dos limites do possível e do razoável”, refere o autarca, que deixa ainda “uma palavra especial de apreço e de gratidão a todos os elementos do corpo de bombeiros que, de forma altruísta e abnegada, têm garantido todo o apoio à população, na certeza de que o continuarão a fazer com toda o empenho e dedicação.”

    Fonte: DTICMA|CMTN

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.