Edição: 253

Diretor: Mário Lopes

Data: 2021/12/1

Evento internacional vai decorrer em Portugal pela primeira vez

Politécnico de Leiria assina protocolo com FENACERCI para organizar 3ª conferência sobre escrita fácil de ler e entender

Célia Sousa, Joaquim Pequicho, Julieta Sanches, Pedro Morouço, Sandra Marques, Jorge Varela

A Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) do Politécnico de Leiria firmou, no dia 11 de novembro, um protocolo de colaboração com a Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social (FENACERCI), para a organização conjunta da 3.ª conferência sobre pesquisa em escrita fácil de ler e entender – KLAARA, que vai decorrer em Leiria, em 2023. O evento realiza-se pela primeira vez em Portugal, com a FENACERCI a escolher o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID) do Politécnico de Leiria como parceiro na organização da conferência, pelo trabalho de excelência e único no país que tem realizado no âmbito da escrita fácil e da comunicação aumentativa.

«A parceria com a FENACERCI é o reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver no CRID. É um orgulho e uma honra estarmos envolvidos na promoção desta conferência internacional, com extrema importância no desenvolvimento de estudos sobre escrita fácil de ler e entender e comunicação acessível. São estas parcerias e ações que fazem a diferença na vida das Pessoas com Deficiência, e contribuem para a uma sociedade mais inclusiva e equitativa, desmistificando a deficiência através da apresentação de soluções concretas que facilitam a vida quotidiana, ao nível das necessidades mais básicas, como o caso da comunicação», defende Célia Sousa, coordenadora do CRID.

O protocolo de colaboração foi assinado por Pedro Morouço, diretor da ESECS, e por Julieta Sanches e Joaquim Pequicho, presidente e administrador executivo da FENACERCI, respetivamente, e visa a avaliação de respostas mais adequadas às pessoas com deficiência, orientação e apoio na aquisição e utilização de equipamentos informáticos no âmbito da comunicação aumentativa/alternativa, bem como a prestação de serviços à comunidade, nomeadamente traduções, serviço docente e de formação, consultoria, auditorias e trabalhos de investigação e desenvolvimento. O protocolo prevê ainda a realização de colóquios, seminários e outras ações da mesma natureza, estágios curriculares, científicos e técnicos, e o intercâmbio de informação técnica e científica.

A realização conjunta, pela primeira vez em Portugal, da conferência sobre pesquisa em escrita fácil de ler e entender é uma das ações a serem promovidas no âmbito do protocolo de colaboração entre as duas instituições, que estavam já a trabalhar numa parceria, fruto de uma anterior visita ao CRID, do administrador executivo e da responsável pelo Núcleo de Investigação, Inovação e Desenvolvimento da FENACERCI.

A conferência sobre pesquisa escrita fácil de ler e entender – KLAARA tem como objetivo o avanço da pesquisa e networking sobre a linguagem modificada utilizada para comunicação com pessoas que têm dificuldades em compreender formas padronizadas de linguagem, através da apresentação e discussão de estudos de diferentes perspetivas disciplinares, nomeadamente ciências sociais, linguística, educação especial, comunicação visual, estudos de tradução e design de informação.

A iniciativa arrancou em setembro de 2019, na Finlândia. Após o cancelamento da segunda edição em 2020, face à pandemia de COVID-19, o evento retomou em agosto deste ano, na Suíça, sendo que em 2023 será a vez da cidade de Leiria acolher a conferência.

     Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.