Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/17

Para promover um Natal sustentável

Município de Caldas da Rainha reutiliza 18.750 garrafas em decoração de rua e replanta meio milhar de árvores

Nesta quadra, a Câmara Municipal das Caldas da Rainha, em parceria com a ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, aposta na redução da pegada ecológica. A ideia é poupar na iluminação, reutilizar materiais e sensibilizar para a melhoria ambiental, através de um conjunto de iniciativas que surgem no âmbito do projeto “Caldas, Rainha do Natal”.

Dia 3 de dezembro, a ACCCRO irá promover uma ação de sensibilização e de distribuição de árvores, que serão repartidas pelas 12 Juntas de Freguesia do Município. Ao todo serão doadas 500 árvores, que mais tarde irão ser replantadas, em locais a selecionar pelas juntas de freguesia, numa tentativa de colmatar danos ambientais e contribuir para um Natal mais sustentável.

Reutilização 

Em 2021, segundo dados avançados pela ACCRO, foram reutilizadas 18.750 garrafas de plástico, na decoração de Natal, o que corresponde a cerca de 250 peças por unidade decorativa. Uma outra mais valia é a durabilidade dos materiais, que permite que as decorações possam voltar a enfeitar as ruas, durante os próximos anos, na época natalícia.

Redução Energética 

A otimização da eficiência energética em toda a iluminação de rua, durante a época de Natal, foi outra das preocupações do Município e da ACCCRO. Neste sentido, existe uma poupança de 14 megawatts face às tradicionais lâmpadas incandescentes, o que se traduz em 80% de redução de energia.

Apurou-se ainda que o gasto energético, ao longo dos 55 dias, em que as luzes se vão encontrar ligadas é de 18,3 megawatts. Valor que foi verificado através de leituras individuais, retiradas a 18 contadores que se encontram espalhados pela cidade das Caldas da Rainha, no âmbito do projeto de Natal. A recolha destes indicadores foi efetuada no final do mês de novembro.

Em termos simbólicos, a doação de 500 árvores corresponde a cerca de 25 árvores por cada megawatt consumido durante o Natal.

Desta forma, o intuito da iniciativa é tornar-se num marco histórico do projeto “Caldas, Rainha do Natal”, através do contributo para a melhoria ambiental e da sensibilização para as questões ecológicas.

    Fonte: ADBDCommunicare

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.