Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/10

Situação volta a repetir-se

Urgência do Hospital de Torres Vedras encerrada para doentes transportados em ambulâncias

Ambulância dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras

A Comissão Política de Secção do PSD de Torres Vedras manifestou esta terça-feira, dia 7 de dezembro, a sua indignação com novo encerramento do Serviço de Urgência do Hospital de Torres Vedras. Dado o aumento de adesão a esta Unidade, facto normal nesta época do ano, só são aceites utentes que se desloquem em transporte próprio, dada a falta de recursos humanos e a precaridade das instalações físicas. Os utentes que necessitarem de serviços de saúde, deslocando-se em ambulância, são encaminhado para outras Unidades Hospitalares, provocando assim um grave constrangimento e pressão nas ambulâncias de emergência ao serviço dos Bombeiros.

O comunicado, assinado pelo presidente do PSD Torres Vedras, Hugo Martins, considera este encerramento parcial da Unidade de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste, “no mínimo, desumano e de extrema gravidade”, considerando que “a população de Torres Vedras e do Oeste merecem mais e, sobretudo, respeito. O corpo clínico deste Hospital deve ser valorizado rapidamente, para evitar que se sucedam mais demissões e devem ser encetadas medidas urgentes para que a Urgência seja assegurada pelo corpo clínico próprio do CHO, em vez dos chamados médicos tarefeiros”.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.