Edição: 254

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/1/23

De preferência, visitantes deverão trazer o resultado negativo do teste à Covid-19

Centro Hospitalar de Leiria inicia supervisão de autotestes de Covid-19 a visitas/acompanhantes

Hospital de Santo André

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) possibilita, a partir de 23 de dezembro, a supervisão para Teste Rápido de Antigénio (TRag) na modalidade de autoteste para a Covid-19, para visitas/acompanhantes, por responsáveis designados para o efeito, de segunda a domingo, por ordem de chegada. O autoteste realizado no CHL só será válido para o próprio dia. Preferencialmente, as visitas e acompanhantes deverão trazer o resultado negativo do teste à Covid-19, mas caso não seja possível, deverão trazer um autoteste e dirigir-se aos vigilantes nas entradas principais das três unidades hospitalares, e serão encaminhados para o local adequado.

O Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, possibilita o autoteste supervisionado entre as 13h00 e as 15h00, até ao limite de 20 pessoas durante esse horário. No caso da Unidade de Internamento de Doentes em Evolução Prolongada de Psiquiatria (UIDEPP), sita nos Andrinos, as visitas que pretendam fazer um autoteste supervisionado deverão dirigir-se ao HSA. O Hospital Distrital de Pombal e o Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira possibilitam a supervisão de autotestes entre as 13h30 e as 14h30, até ao limite de 10 pessoas durante esse horário.

De acordo com as diretrizes da DGS, o CHL garante que a supervisão dos autotestes é realizada num local reservado, dedicado para o efeito. Durante a efetivação do autoteste supervisionado, bem como durante o período de espera para obtenção do resultado, deverão ser cumpridas as medidas de prevenção e controlo de infeção por todos os intervenientes, nomeadamente o uso de máscara, a garantia de distanciamento físico, a higienização das mãos e a limpeza e desinfeção da superfície.

As medidas em vigor no CHL estipulam, para o acesso às instalações, que as visitas e acompanhantes de doentes internados devem apresentar obrigatoriamente um teste negativo à Covid-19, mesmo que estejam vacinados, ou o certificado digital de recuperação. À equipa de vigilantes deve ser apresentado o resultado negativo de um TRag, realizado até 48 horas antes, de um TRag em modalidade autoteste devidamente certificado por um profissional de saúde, realizado até 24 horas antes, ou de um teste PCR, realizado até 72 horas antes da visita, ou ainda o certificado digital de recuperação. O uso de máscara é obrigatório.

     Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.