Edição: 265

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/12/10

José Rosa integra equipa que venceu o ITU AI/ML in 5G Grand Challenge

Estudante do Politécnico de Leiria vence competição internacional de Inteligência Artificial

José Rosa

A BacalhauNET, equipa integrada por José Rosa, estudante do mestrado em Engenharia Eletrotécnica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria, foi a grande vencedora da ITU AI/ML in 5G Grand Challenge, uma competição internacional de Inteligência Artificial (IA) promovida pela International Telecommunication Union (ITU). Nesta competição, os participantes são desafiados a resolver problemas do mundo real, com base em tecnologias padronizadas desenvolvidas para IA em redes 5G. O desafio visa criar uma comunidade do conhecimento, fornecendo soluções de código aberto para problemas relacionados com redes de comunicações utilizando a IA e envolvendo estudantes e investigadores sobre as normas da ITU.

Além do estudante José Rosa, a equipa integra ainda Daniel Granhão, Guilherme Carvalho e Tiago Filipe Gonçalves, estudantes de doutoramento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e colaboradores no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC).

A equipa foi orientada por Luís Conde Bento, docente da ESTG e investigador do Instituto de Sistemas e Robótica – Coimbra (ISR-UC), Mónica Figueiredo, docente da ESTG e investigadora do Instituto de Telecomunicações (IT), Nuno Paulino e Luís Pessoa, docentes na FEUP e investigadores do Centro de Telecomunicações e Multimédia do INESC TEC.

«A distinção internacional que nos foi atribuída pelo ITU enche-me de orgulho e de motivação para continuar a trabalhar nesta área da IA. A colaboração entre os elementos das diferentes instituições foi, sem dúvida, uma mais-valia, permitindo a partilha de experiências, métodos, boas práticas e conhecimentos. Não posso deixar de agradecer aos orientadores e às instituições que contribuíram para este projeto, reforçando que esta distinção também lhes pertence», afirma José Rosa.

A edição de 2021 da competição contou com 16 desafios abertos no âmbito do ITU AI/ML 5G Challenge, que atraiu mais de 1.600 participantes de 82 países. A competição desenvolve-se geralmente em duas etapas: na primeira, o júri seleciona as duas/três melhores equipas de cada desafio; na segunda, a melhor equipa entre os 16 desafios abertos é selecionada como vencedora do Grand Challenge.

A equipa BacalhauNET competiu no desafio aberto “Lightning-Fast Modulation Classification with Hardware-Efficient Neural Networks”, com 12 outras equipas. O principal objetivo foi o de usar a quantificação, a dispersão, o desenho personalizado de topologia e outras técnicas para conceber uma rede neuronal que atingisse um mínimo de 56% de exatidão no conjunto de dados RadioML 2018.01A, com o menor custo de inferência possível.

Sagrando-se vencedora do desafio, a BacalhauNET foi selecionada para a ITU AI/ML in 5G Grand Challenge em dezembro de 2021. A equipa apresentou o seu trabalho neste evento, tendo sido também a vencedora de ouro desta competição, que contou com um conjunto de 32 equipas, finalistas dos 16 desafios abertos da primeira fase.

«É um prazer fazer parte desta equipa! A sua dedicação, competência e engenho foi reconhecida com este prémio, que me deixa muito orgulhosa. Os resultados alcançados evidenciam também a mais-valia que a colaboração entre diferentes instituições de ensino e investigação pode trazer na produção de resultados de excelência internacional», afirma a docente Mónica Figueiredo.

        Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.