Edição: 254

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/1/23

Através do Instituto Incluir e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Politécnico de Leiria recebe instituições do Rio de Janeiro em intercâmbio científico nas áreas da Inclusão e Acessibilidade

Delegações do Politécnico de Leiria, do Instituto Incluir e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Uma equipa do Instituto Incluir e do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Inclusão (LEPEDI) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) está de visita ao Politécnico de Leiria durante duas semanas, para um intercâmbio científico nas áreas da Inclusão e Acessibilidade. A comitiva foi recebida no passado dia 11 de janeiro.

Ao longo destas duas semanas a equipa do Instituto Incluir e o coordenador do LEPEDI, Allan Damasceno, vão participar numa formação em Comunicação Alternativa e Aumentativa e Acessibilidade, para conhecerem as diferentes tecnologias de apoio e participarem em mesas redondas sob a temática do desporto adaptado, nomeadamente com os professores e coordenador da pós-graduação em Desporto Atividade Física Adaptados da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS).

Já no próximo dia 20 de janeiro, quinta-feira, os representantes do Instituto Incluir vão participar no encontro “O Desporto, um caminho para a Equidade Social”, agendado para as 17h00, no auditório 2 da ESECS. Numa organização conjunta com o município de Leiria, o encontro conta igualmente com a presença do vice-presidente da Delegação Distrital de Leiria da Associação Portuguesa de Deficientes (APD), Manuel Silva e Sousa. Através deste evento pretende-se estabelecer uma troca de experiências entre os dois países, nomeadamente através da prática desportiva.

O Politécnico de Leiria e o Instituto Incluir têm mantido uma colaboração desde 2019, no âmbito da qual a coordenadora do Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID), Célia Sousa, tem trabalhado com o Instituto Incluir e com o Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Inclusão em diferentes áreas, nomeadamente na promoção de conferências sobre comunicação acessível e apoio no âmbito da literatura acessível, tendo adaptado alguns livros infantis para linguagem pictográfica.

«Esta parceria com o Instituto Incluir tem sido muito enriquecedora. O trabalho em equipa e entre instituições é fundamental para conseguirmos contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva», afirma Célia Sousa.

Também Carina Alves, presidente do Instituto Incluir, defende que a parceria mantida com o Politécnico de Leiria e o LEPEDI/UFRRJ contribui para a criação de uma sociedade mais inclusiva e equitativa: «O nosso compromisso é envolvermo-nos e colaborarmos de forma global».

As duas instituições têm trabalhado numa parceria cujo objetivo passa pelo desenvolvimento de projetos com o lema “Diversidade Humana e a Inclusão”. Em outubro de 2021 renovaram um protocolo que prevê a avaliação de respostas mais adequadas às pessoas com deficiência, orientação e apoio na aquisição e utilização de equipamentos informáticos no âmbito da comunicação aumentativa/alternativa, a prestação de serviços à comunidade, nomeadamente traduções, serviço docente e de formação, consultoria, auditorias e trabalhos de investigação e desenvolvimento.

O Politécnico de Leiria e o Instituto Incluir acreditam que a promoção destas ações faz a diferença na vida das Pessoas com Deficiência, desmistificando a deficiência através da apresentação de soluções concretas que facilitam a vida quotidiana, ao nível das necessidades mais básicas, como o caso da comunicação.

       Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.