Edição: 258

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/5/17

Indicadores analisados de 2021 são os mais elevados do CHL até à data

Centro Hospitalar de Leiria aumenta atividade assistencial com máximo de consultas e cirurgias

Sede do Centro Hospitalar de Leiria

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) aumentou a sua atividade assistencial em 2021, com um número recorde de sempre de mais de 309 mil consultas médicas realizadas e mais de 18 mil cirurgias efetuadas. «Através da análise de vários indicadores da atividade assistencial do CHL de 2021, os dados obtidos demonstram mais do que a nossa nítida retoma: são claramente um recorde na nossa produtividade, só possível pelo empenho e dedicação dos nossos profissionais», realça Licínio de Carvalho, presidente do Conselho de Administração do CHL.

«Tendo em conta o período conturbado da pandemia vivido nos primeiros e últimos meses de 2021, com muitos constrangimentos verificados no CHL na resposta aos nossos utentes, estamos francamente orgulhosos deste crescimento tão significativo nos nossos resultados assistenciais.»

Em 2021, o CHL concretizou mais de 101 mil primeiras consultas, e mais de 208 mil segundas consultas, números acima da fasquia de outros anos. «No âmbito das cirurgias, realizámos, em 2021, mais de 12.800 cirurgias de ambulatório, mais de 2.900 cirurgias convencionais e mais de 2.400 cirurgias urgentes», salienta Licínio de Carvalho.

Acresce ainda que, a Unidade de Hospitalização Domiciliária do CHL cuidou de 384 doentes em 2021, o que representa um aumento de 207,2% face a 2020, ano em que iniciou atividade. Quanto à atividade do Hospital de Dia, foram realizadas mais de 20.500 sessões só em 2021.

«É indubitável o nosso esforço quer na retoma, em contexto de pandemia, quer no fomento da nossa produtividade, que se reflete de forma transparente nestes valores alcançados pela primeira vez na história da instituição», sublinha o presidente do Conselho de Administração. «2021 é um marco na nossa atividade assistencial, que pretendemos continuar a nivelar e a superar a curto e a médio prazo.»

    Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.