Edição: 261

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/8/19

Aurélio Ferreira apresentou o balanço dos 100 dias de mandato

Executivo da Marinha Grande realiza mais de 300 reuniões nos primeiros 100 dias de governação

Aurélio Ferreira

O presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Aurélio Ferreira, apresentou no dia 26 de janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o balanço dos 100 dias de mandato do executivo municipal. Além do presidente, marcaram também presença os vereadores João Brito e Ana Laura Baridó, numa conferência de imprensa onde Aurélio Ferreira enumerou as principais ações realizadas desde o início do mandato, centradas em eixos como desenvolvimento económico, coesão social, planeamento e uma cidade sustentável e nova governação local. Segundo Aurélio Ferreira foram “100 dias de um trabalho muito intenso” para “conhecer a estrutura interna da Câmara”, tendo realizado mais de 300 reuniões de trabalho.

Aurélio Ferreira iniciou a conferência salientando que os três elementos presentes estavam em representação de todo o executivo, que classificou como “coeso, trabalhador, envolvido e empenhado”, que ao longo destes 100 dias de governação participou em 320 reuniões com várias entidades e instituições, no sentido de conhecer melhor os processos e de criar parcerias com as várias Instituições e entidades parceiras.

“Estamos longe de cumprir o que sonhamos, mas estamos no caminho”, admite o autarca independente, realçando que foi necessário fazer “uma avaliação” e “estudo dos dossiers”, alguns que “foram difíceis de encontrar” ou que “tinham pouca informação” sendo que um dos objetivos destes executivo é “deixar registadas todas as decisões que forem tomadas” para que “quem vier a seguir possa ter toda a informação disponível” sobre os projetos e “possa fazer bem o seu trabalho”.

Aurélio Ferreira abordou vários temas, como por exemplo, o desenvolvimento económico, destacando, na área do turismo, a apresentação da candidatura de duas praias à Bandeira Azul (S. Pedro e Praia Velha) e a reativação do processo do turismo industrial. Ainda neste eixo, destaque também para a dinamização da época Natalícia com o envolvimento dos comerciantes com o projeto Marinha Christmas, em parceria com a ACIMG ou a reativação do processo do Parque de Ciência e Tecnologia com os diversos parceiros.

Já no eixo da coesão social, destaque por exemplo na área da ação social, para a revisão do projeto de arquitetura e especialidades para a Creche da IVIMA ou da adjudicação da Estratégia Local de habitação, para efeito de apresentação de candidaturas a fundos comunitários (PRR e PO 2030) ou ainda o desenvolvimento de estratégias conjuntas, com o Alto Comissariado para as Migrações e várias Secretarias de Estado, que visam estabelecer ligações entre diferentes entidades, no sentido de integrar e incluir de forma positiva a comunidade cigana no nosso concelho.

Ainda no eixo da coesão social, e na área da educação, destaque para a preparação dos três processos dos centros escolares João Beare, Várzea e Vieira de Leiria; para a contratualização das obras de beneficiação do JI/EB da Moita; contratualização da requalificação do espaço de jogo e recreio coberto da EB1 de Picassinos; ou a preparação do processo de transferência de competências em matéria de educação, situação a partir da qual o município da Marinha Grande ficará responsável por mais cerca de 200 trabalhadores, que passam assim da alçada do Ministério da Educação para o Município, o que segundo Aurélio Ferreira, representa “um pulo muito grande” quer em termos humanos quer financeiros.

Por sua vez na área da cultura, destaque para a disponibilização de bilheteira online para os eventos da Casa da Cultura; para a contratação de levantamento arqueológico e patrimonial da FEIS – espaço que se encontra devoluto e que importa salvaguardar; para o 7º Festival Jazz da Marinha Grande; a comemoração do aniversário do Museu do Vidro e do Museu Joaquim Correia ou a preparação da programação comemorativa do Ano Internacional do Vidro, que se realiza este ano, e segundo o autarca marinhense pode “ajudar a projetar a Marinha Grande”.

João Brito, Aurélio Ferreira e Ana Laura Baridó

Na área da saúde, destaque para toda a logística e preparação quer do Centro de Saúde da Campanha de Vacinação COVID e da Gripe, quer da articulação com as farmácias do concelho para a testagem gratuita à população, bem como a estratégia de testagem semanal de colaboradores do município, em articulação com a Unidade de Cuidados na Comunidade, entre outras iniciativas.

No eixo do planeamento e uma cidade sustentável, destaque para o acompanhamento do processo de revisão do Plano Diretor Municipal da Marinha Grande, que o município espera concluir até final de 2022, dado que o atual é de 1995, o que implica que, por exemplo a freguesia da Moita não tenha PDM, visto ter transitado do concelho de Alcobaça para a Marinha Grande já depois de 1995.

Na área do ambiente e sustentabilidade, Aurélio Ferreira destacou, entre outros, a renovação do parque automóvel municipal com a aquisição de 4 viaturas elétricas; a atribuição dos selos de qualidade da água para consumo humano à Câmara Municipal, pela ERSAR, relativos aos anos 2020 e 2021; a realização da campanha de compostagem doméstica “COMPOSTAR, outra forma de reciclar”, através do qual foram atribuídos 648 compostores; a continuidade da remodelação das redes de abastecimento de água no lugar da Amieira e Picassinos; a continuidade da remodelação da conduta adutora entre os Picotes e a Marinha Grande e o lançamento do concurso para o prolongamento de diversas redes de saneamento: Rua do Portinho (Garcia); Rua Mestre José da Silva Roque (Picassinos), Rua dos Amieiros, Rua da Covinha e Rua de Bissau (Comeira).

Na área da mobilidade e acessibilidade destaque para a alteração dos projetos das ciclovias incluídas no âmbito do PEDU, nomeadamente o troço que atravessa a linha de caminho de ferro, o troço do Parque Mártires do Colonialismo e o troço final da ciclovia na zona do Parque das Merendas da Portela, cujos processos estavam parados ou a revisão dos projetos de execução da obra de requalificação do espaço público de Casal do Malta e do Largo da Passagem.

Na vertente da segurança, proteção civil e florestas, Aurélio ferreira destacou a aprovação do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios 2022-31 da Marinha Grande; a monitorização dos efeitos produzidos pelo mau tempo em articulação com Proteção Civil, Bombeiros e Juntas de Freguesia; o reforço de atribuição de verbas aos corpos de Bombeiros de Marinha Grande e de Vieira de Leiria, entre outros.

A finalizar, no eixo da nova governação local, Aurélio Ferreira destacou a implementação de reuniões semanais com os diversos dirigentes para acompanhamento das ações em curso; a implementação do dia da reunião aberta aos trabalhadores do Município; a preparação da estrutura orgânica, no sentido de melhorar os serviços e promover uma gestão rigorosa e eficiente dos recursos, por forma a torná-la eficaz e próxima dos munícipes.

Ainda neste eixo destaque também para a criação de uma equipa de Apoio a candidaturas; a promoção de reunião do Observatório do Pinhal do Rei com vista à discussão do Plano de Gestão Florestal da Mata Nacional de Leiria; a retoma da discussão dos processos financiados no âmbito da Candidatura Leslie; o acompanhamento dos projetos de requalificação e reparação de Equipamentos e Edifícios Municipais, entre outros.

Mónica Alexandre

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.