Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/30

Desafio foi lançado pelo enfermeiro diretor, João Formiga

Hospital Distrital de Santarém cria Núcleo de Enfermeiros de Reabilitação

Reunião de enfermeiros do Hospital Distrital de Santarém

A primeira reunião de enfermeiros especialistas em enfermagem de reabilitação (EEER) decorreu no dia 21 de janeiro, com o objetivo de constituir o Núcleo de Enfermeiros de Reabilitação (NER) do Hospital Distrital de Santarém (HDS) e aprovar o respetivo regulamento.

O desafio foi lançado pelo enfermeiro diretor, João Formiga, e o processo iniciou-se pela constituição de uma comissão instaladora com o objetivo de contribuir para a criação de uma estrutura agregadora dos enfermeiros de reabilitação que constituísse um verdadeiro suporte ao exercício da enfermagem de reabilitação no HDS.

“Com a criação do NER temos a expetativa de divulgar e dar visibilidade aos cuidados de reabilitação, promover o acesso dos doentes a estes cuidados especializados, facilitar a comunicação entre enfermeiros de reabilitação promovendo a partilha de conhecimentos e experiências e que possamos constituir um grupo mediador junto dos decisores”, referem os elementos que constituem a comissão instaladora do NER.

Após a constituição formal da equipa dinamizadora do Núcleo de Enfermeiros de Reabilitação, será delineado um plano de atividades  para o HDS em áreas como a reabilitação motora/funcional, neurológica, respiratória e cardíaca, assim como nas áreas de investigação e gestão de cuidados.

Segundo João Formiga, enfermeiro diretor do HDS, o objetivo é ​“organizar esta área de especialidade da enfermagem, fundamental para a melhoria da qualidade dos cuidados prestados em áreas de internamento onde a capacitação e a reabilitação do utente são o foco primário de atenção”.

“A organização e o investimento na enfermagem de reabilitação surge não só com o objetivo de promover a recuperação da autonomia da pessoa ​através da prestação de cuidados de qualidade, mas também da sua capacitação para a tomada de decisão”, acrescenta João Formiga. E conclui afirmando que a intenção é “contribuir para um regresso a casa mais seguro e autónomo e para a redução dos tempos de internamento”.

     Fonte: HDS

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.