Edição: 259

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/6/27

Com a presença de mais de 800 atletas de 40 modalidades

Espetáculo de luz e cor formaliza Leiria como Cidade Europeia do Desporto

Gonçalo Lopes levantou o troféu de Cidade Europeia do Desporto

“Está dado o tiro de partida.” A Gala oficial de arranque das atividades da Cidade Europeia do Desporto decorreu na noite deste sábado, dia 5 de fevereiro, com o presidente do Município de Leiria, Gonçalo Lopes, a enaltecer ser este um “momento histórico” para o concelho, conseguido por “mérito próprio”.

“Há muitos anos que somos cidade do desporto, e essa é a grande conquista que celebramos ao longo deste ano”, enfatizou, aludindo ao facto de 56,1% dos habitantes do concelho terem hábitos regulares de prática de atividade física. “Celebramos a conquista de um estilo de vida que felizmente foi adotado pela maioria da nossa população”.

O autarca justificou ainda o lema escolhido – “de todos e para todos” – com a oferta de condições que permitem a qualquer um dedicar-se à atividade física, dando como exemplo a construção de raiz, única no país, de um pavilhão para pessoas com mobilidade reduzida.

Muito para lá da “fábrica de campeões” que Leiria é, de facto, Gonçalo Lopes antevê um ano “absolutamente extraordinário de promoção da prática da atividade física e de celebração do desporto nas suas múltiplas dimensões”, tanto como “fator determinante” para a “promoção de estilos de vida saudáveis”, bem como uma “escola de cidadania”, “promotor da inclusão social” e “construtor de uma identidade coletiva”.

Panorâmica da cerimónia

Neste caso, a identidade leiriense, que se constrói, também pelo associativismo, homenageada na cerimónia com a apresentação de uma obra de arte, em formato de mosaico. Trata-se de “fortíssimo agregador social” que “promove a saúde física e mental” e tem um papel “extraordinário na formação dos jovens”, sublinhou.

Inspirado nos quatro pilares da candidatura – associativismo, diversão, inclusão e infraestruturas – o espetáculo incluiu muita música e tecnologia de videomapping. Desfilaram mais de 800 atletas de 40 modalidades e feitas demonstrações de desportos especiais praticados no concelho, do aeromodelismo à dressage, do karting ao street workout.

Um momento que o secretário de Estado da Juventude e do Desporto considerou “absolutamente impressionante” e que “demonstrou” a qualidade do “tecido desportivo do concelho”. João Paulo Rebelo saudou ainda o Município de Leiria, clubes, atletas, famílias de atletas, técnicos e dirigentes presentes. “Sem vocês, o desporto do nosso país não estaria no estádio de desenvolvimento em que está hoje”, admitiu.

A ovação da noite foi para a passagem de testemunho, com a entrega a Gonçalo Lopes da bandeira e do troféu de Cidade Europeia do Desporto, transportados respetivamente por um grupo de atletas com uma joelette, cadeira adaptada que permite transportar pessoas com mobilidade reduzida, e pelo piloto de todo-o-terreno leiriense Ricardo Porém.

“Chegou a hora de Leiria, cuja maior força são os desportistas que estão nesta sala”, sublinhou o presidente da Associação das Cidades Europeias do Desporto (ACES) da Europa. Gian Francesco Lupatelli exortou ainda o concelho a “trabalhar e demonstrar à Europa a ganhar o título de melhor Cidade Europeia do Desporto de 2022.

     Fonte: GRPG|CML

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Ainda não há comentários nenhuns.