Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/30

CSRGIFR- Região de Leiria é constituída por cerca de 30 entidades públicas e privadas com competências ou matéria de gestão integrada de fogos rurais

CIM Região de Leiria instala nova Comissão Sub-Regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais

Reunião de instalação da Comissão Sub-Regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Leiria realizou esta terça-feira, dia 15 de fevereiro, a primeira reunião de instalação da Comissão Sub-Regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais (CSRGIFR- Região de Leiria) no auditório do IPDJ, em Leiria.

Esta Comissão Sub-regional assume a execução da estratégia de gestão integrada de fogos rurais, a articulação dos programas de gestão do fogo rural e de proteção das comunidades contra incêndios rurais, de acordo com o novo Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR), no âmbito da publicação do D.L. nº 82/2021, de 13 de outubro.

Durante a reunião foi aprovado o regulamento de funcionamento da Comissão Sub-Regional, abordado o projeto de videovigilância florestal, apresentada a previsão de execução de faixas de gestão de combustíveis no ano de 2022 pelas entidades competentes e discutidas as ações de sensibilização a desenvolver no presente ano em toda a Região.

A CSRGIFR- Região de Leiria é constituída por cerca de 30 entidades públicas e privadas com competências ou matéria de gestão integrada de fogos rurais, com a missão de proceder à monitorização e avaliação da execução do programa sub-regional de ação e propor melhorias operacionais a implementar nos anos seguintes, assim como promover o cumprimento dos programas de comunicação, de acordo com a estratégia nacional.

CSRGIFR- Região de Leiria é constituída por cerca de 30 entidades públicas e privadas

Ao nível do planeamento estratégico, cabe esta nova Comissão Sub-regional aprovar o designado programa sub-regional de ação, em matéria da gestão integrada de fogos rurais, bem assim emitir parecer sobre os novos programas municipais de execução que entrarão em vigor no próximo dia 01 de janeiro de 2023, substituindo os atuais Planos Municipais de defesa da Floresta contra Incêndios.

Na ocasião, o presidente da CIM da Região de Leiria, Gonçalo Lopes, destacou a “importância da cooperação entre todas as entidades envolvidas” na construção de um programa eficaz para “a defesa e proteção do território e das pessoas”. “Vamos colaborar com todos os municípios e com as entidades representadas nesta Comissão para que este novo Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais, seja mais um contributo para a prevenção e defesa da nossa floresta.”

   Fonte: CIMRL

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.