Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/30

Open tem uma taxa de ocupação de cerca de 92%

Incubadora Open quer atrair mais jovens para a engenharia na Marinha Grande

Aurélio Ferreira recebeu a Administração da Open

O presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Aurélio Ferreira, recebeu os novos elementos do Conselho de Administração (CA) da incubadora OPEN – Oportunidades Específicas de Negócio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no dia 17 de fevereiro, para uma sessão de cumprimentos e definição da possibilidade de aprofundar futuras parcerias.

Do Conselho de Administração da OPEN estiveram o presidente Hugo Ferreira (em representação do CENTIMFE) e os vogais Agostinho Carvalho (em representação da empresa incubada Weadd) e Nuno Martinho (Politécnico de Leiria), para além do técnico da Câmara Municipal, Luís Barreiros.

O presidente da Câmara, Aurélio Ferreira, admitiu que “o Município deve ser um parceiro, enquanto facilitador, orientador e participante nas estratégias da incubadora. A OPEN tem uma história e um caminho para percorrer, num concelho que tem um enorme potencial de empreendedores que empreenderam novos empreendedores”. O presidente da Câmara acrescentou que “é importante formar os jovens para o empreendedorismo e seduzi-los para a indústria de moldes e da engenharia”.

O presidente do CA da OPEN, Hugo Ferreira, manifestou vontade de estreitar parcerias com a Câmara Municipal e de apostar no empreendedorismo nas escolas, já que “esta região é o berço do empreendedorismo. Por isso, é importante trabalharmos em parceria com várias instituições e com as escolas, para mudar a imagem da engenharia para cativarmos os estudantes para a indústria”.

A incubadora OPEN foi inaugurada em agosto de 2005, com o objetivo de ajudar no desenvolvimento de empresas inovadoras, que estão a iniciar a sua atividade.

Atualmente, tem uma taxa de ocupação de cerca de 92%, que tem crescido nos últimos anos, o que representa a incubação física de 14 empresas de serviços. Existem ainda 8 espaços para empresas industriais, estando ocupados 7, por três empresas.

Existem ainda 5 empresas no sistema de incubação virtual, que, embora não tenham espaço físico na OPEN, podem utilizar a morada da incubadora para efeitos de sede social, receção de correio, utilização de salas de reuniões, entre outras funcionalidades.

Todas as empresas incubadas representam cerca de 50 postos de trabalho.

A incubação não tem setor especializado, no entanto, todas as empresas instaladas têm como denominador comum a proximidade à indústria, que caracteriza a atividade económica da região de Leiria, destacando-se as seguintes atividades:

– Consultoria especializada nas áreas de engenharia de produto, design industrial, estratégia e posicionamento de produto, marketing e inovação;

– Desenvolvimento de soluções CAD/CAM para programação NC;

Comércio de equipamentos e acessórios de proteção individual, de combate a incêndios, vestuário profissional e de proteção;

Comércio de equipamentos de impressão 3D, prestação de serviços impressão aditiva e de engenharia de produto e formação;

– Produtora de audiovisuais, que idealiza e produz videoclips, vídeos corporativos, vídeos promocionais, vídeos publicitários, documentários, curtas e longas-metragens;

– Metrologia e calibração;

– Empresa de injeção de plásticos, que oferece uma gama de serviços, desde a realização de ensaios e produções de pré-séries, a complexas soluções de engenharia no ramo da indústria de moldes e plásticos;

Elaboração de projetos de engenharia em parceria com a EDP.

Fonte: GCRP|CMMG

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.