Edição: 264

Diretor: Mário Lopes

Data: 2022/11/30

Com o despoletar da guerra entre a Rússia e a Ucrânia

Nersant oferece colocação de refugiados ucranianos nas empresas da região de Santarém

Região do Médio-Tejo e Lezíria carecem de mão de obra qualificada

A Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém  disponibilizou-se esta sexta-feira, dia 25 de fevereiro,  a desenvolver contatos e démarches junto dos seus associados para acolher e colocar nas empresas da região os recursos humanos que carecem. A Nersant deu conhecimento desta sua disponibilidade junto do Governo de Portugal. O Tinta Fresca questionou também a associação empresarial sobre os efeitos económicos que a invasão da Ucrânia pela Rússia poderá ter no tecido empresarial da região e nas cadeias de abastecimento.

Com o despoletar da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, muitos foram os cidadãos Ucranianos que abandonaram e estão a abandonar o país. Não se perspetivando o abrandar da guerra, antes pelo contrário, muitos mais cidadãos ucranianos irão procurar asilo em países da U.E.É neste sentido que importa realçar a cultura do nosso povo em acolher refugiados de guerra, como tem ocorrido no último século.

O acolhimento deverá ser feito garantindo as mínimas condições de poderem refazer as suas vidas pessoais, familiares e profissionais.

Como é sabido, Portugal carece de mão de obra, em especial qualificada, muitos  destes cidadãos são portadores do conhecimento e do saber fazer.

O interior do nosso país e especialmente a nossa região do Médio-Tejo e Lezíria, carece de mão-de-obra qualificada, sendo este fator um forte entrave à nossa competitividade.

Deste modo, a Nersant, enquanto Associação Empresarial, disponibiliza-se junto dos seus associados desenvolver contatos e démarches para acolher e colocar nas empresas da região os recursos humanos que carecem.

A Nersant deu conhecimento desta sua disponibilidade junto do Governo de Portugal.

Nersant preocupada com repercussões da guerra na economia portuguesa, apesar da fraca relação comercial da região com a Rússia

Tinta Fresca – Estão preocupados com esta situação de guerra na Ucrânia?

Nersant – Muito preocupados, a presente relação bélica entre a Rússia e Ucrânia, despoletou sanções económicas à Rússia as quais destabilizam os mercados financeiros, aumentam a inflação, preços energéticos e diminui o nosso poder concorrencial com outros mercados.

Tinta Fresca –  É previsível a escassez de produtos?
Nersant – Tendo em consideração a nossa fraca relação comercial com a Rússia, não se prevê efeitos de escassez significativa de produtos.

Tinta Fresca – Os preços dos produtos vão aumentar significativamente?
Inevitavelmente, a Rússia é um dos principais fornecedores de gás  e petróleo da Europa, com o bloqueio da abertura do gasoduto  Nord Stream2, que previa fornecer à Alemanha 55 mil milhões de m3 vindos da Rússia, aumenta a pressão da procura do gás na Europa, mesmo sendo Portugal preferencialmente fornecido pelo gás vindo da Argélia, não vai fugir à regra.

Tinta Fresca – Quais serão as principais dificuldades para o setor?
Nersant – A dependência energética, matérias-primas e tecnologia de mercados muito flutuantes.

 

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.